terça-feira, 6 de julho de 2010


Primeira Leitura: Oséias 8, 4-7.11-13

Assim fala o senhor, 4Constituíram reis sem minha aprovação, e chefes sem meu conhecimento. Fizeram para si ídolos de sua prata e de seu ouro, para a sua própria perdição. 5Rejeito teu bezerro (de ouro), ó Samaria! Minha cólera inflamou-se contra eles. Até quando não poderão eles purificar-se? 6Porque (esse bezerro) é obra de Israel, foi um artista que o fez; ele não é um deus, será, pois, despedaçado o bezerro de Samaria. 7Visto que semearam ventos, colherão tempestades; não terão sequer uma espiga, e o grão não dará farinha; e, mesmo que a desse, seria comida pelos estrangeiros. 11Efraim multiplicou os altares, e seus altares só lhe serviram para pecar. 12Mesmo que eu lhe escreva todos os preceitos de minha lei, ele a estimará como uma lei estrageira. 13Oferecem vítimas em sacrifício e comem-lhes as carnes, mas o Senhor não se compraz nelas. Doravante ele se lembrará da iniquidade deles, e punirá os seus pecados: voltarão para o Egito.

Salmo Responsorial(113)


REFRÃO: Confia, Israel , no senhor!

1. É nos céus que está o nosso Deus, / ele faz tudo aquilo que quer. / São os deuses pagâos ouro e prata, / todos eles são obras humanas. -R.

2. Têm boca e não podem falar, / têm olhos e não podem ver; / têm nariz e não podem cheirar, / tendo ouvidos, não podem ouvir. -R.

3. Têm mãos e não podem pegar, / têm pés e não podem andar. / Como eles serão seus autores, / que os fabricam e neles confiam. -R.

4. Confia, Israel , no Senhor. / Ele é teu auxílio e escudo! / Confia, Aarão, no Senhor. / Ele é teu auxílio e escudo! -R.


Evangelho: Mateus 9, 32-38

Naquele tempo, 32Logo que se foram, apresentaram-lhe um mudo, possuído do demônio. 33O demônio foi expulso, o mudo falou e a multidão exclamava com admiração: Jamais se viu algo semelhante em Israel. 34Os fariseus, porém, diziam: É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios. 35Jesus percorria todas as cidades e aldeias. Ensinava nas sinagogas, pregando o Evangelho do Reino e curando todo mal e toda enfermidade. 37Disse, então, aos seus discípulos: A messe é grande, mas os operários são poucos. 38Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe.

Um comentário:

Maíra disse...

Pe Josue parabens pela sua entrevista hoje a radio que Deus te ilumine e abençoe em sua missao evangelizadora