quinta-feira, 31 de julho de 2014

SANTO INÁCIO DE LOYOLA
(Branco, Prefácio Comum ou dos Pastores – Ofício da Memória)

Leitura (Jeremias 18,1-6)
18 1 Foi dirigida a Jeremias a palavra do Senhor nestes termos:2 “Vai e desce à casa do oleiro, e ali te farei ouvir minha palavra”.3 Desci, então, à casa do oleiro, e o encontrei ocupado a trabalhar no torno.4 Quando o vaso que estava a modelar não lhe saía bem, como sói acontecer nos trabalhos de cerâmica, punha-se a trabalhar em outro à sua maneira.5 Foi esta, então, a linguagem do Senhor: “casa de Israel, não poderei fazer de vós o que faz esse oleiro?” - oráculo do Senhor.6 “O que é a argila em suas mãos, assim sois vós nas minhas, Casa de Israel”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 145/146
Feliz quem se apóia no Deus de Jacó!
Bendize, minha alma, ao Senhor!
Bendize, minha alma, ao Senhor!
Bendirei ao Senhor toda a vida,
Cantarei ao meu Deus sem cessar!

Não ponhais vossa fé nos que mandam,
Não há homem que possa salvar.
Ao faltar-lhe o respiro, ele volta
Para a terra de onde saiu;
Nesses dia seus planos perecem.

É feliz todo homem que busca
Seu auxílio no Deus de Jacó
E que põe no Senhor a esperança.
O Senhor fez o céu e a terra,
fez o mar e o que neles existe.

 
Evangelho (Mateus 13,47-53)
13 47 “O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie.48 Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta.49 Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos50 e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes.51 Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles.52 Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas”.53 Após ter exposto as parábolas, Jesus partiu.
Palavra da Salvação.
 

Nenhum comentário: