segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

VI SEMANA DO TEMPO COMUM 

Leitura da carta de são Tiago. 1 1 Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos da dispersão, saúde! 2 Considerai que é suma alegria, meus irmãos, quando passais por diversas provações, 3 sabendo que a prova da vossa fé produz a paciência. 4 Mas é preciso que a paciência efetue a sua obra, a fim de serdes perfeitos e íntegros, sem fraqueza alguma. 5 Se alguém de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus - que a todos dá liberalmente, com simplicidade e sem recriminação - e ser-lhe-á dada. 6 Mas peça-a com fé, sem nenhuma vacilação, porque o homem que vacila assemelha-se à onda do mar, levantada pelo vento e agitada de um lado para o outro. 7 Não pense, portanto, tal homem que alcançará alguma coisa do Senhor, 8 pois é um homem irresoluto, inconstante em todo o seu proceder. 9 Mas que os irmãos humildes se gloriem de sua elevação; 10 os ricos, pelo contrário, de sua humilhação, porque passarão como a flor dos campos. 11 Desponta o sol com ardor, seca a erva, cai sua flor e perde a beleza do seu aspecto. Assim murcha também o rico em suas empresas.
Palavra do Senhor.
Salmo responsorial 118/119
Venha a mim o vosso amor e viverei.
Antes de ser por vós provado, eu me perdera;
mas agora sigo firme em vossa lei!

Porque sois bom e realizais somente o bem,
ensinai-me a fazer vossa vontade!

Para mim foi muito bom ser humilhado,
porque assim eu aprendi vossa vontade!

A lei de vossa boca, para mim,
vale mais do que milhões em ouro e prata.

Sei que os vossos julgamentos são corretos,
e com justiça me provastes, ó Senhor!

Vosso amor seja um consolo para mim,
conforme a vosso servo prometestes.
Evangelho (Marcos 8,11-13)
8 11 Vieram os fariseus e puseram-se a disputar com Jesus e pediram-lhe um sinal do céu, para pô-lo à prova. 12 Jesus, porém, suspirando no seu coração, disse: “Por que pede esta geração um sinal? Em verdade vos digo: jamais lhe será dado um sinal”. 13 Deixou-os e seguiu de barca para a outra margem.
Palavra da Salvação.

Nenhum comentário: