domingo, 6 de maio de 2012


Primeira Leitura: Atos dos Apóstolos 9, 26-31
 V DA PÁSCOA

Naqueles dias, 26Chegando a Jerusalém, tentava ajuntar-se aos discípulos, mas todos o temiam, não querendo crer que se tivesse tornado discípulo. 27Então Barnabé, levando-o consigo, apresentou-o aos apóstolos e contou-lhes como Saulo vira o Senhor no caminho, e que lhe havia falado, e como em Damasco pregara, com desassombro, o nome de Jesus. 28Daí por diante permaneceu com eles, saindo e entrando em Jerusalém, e pregando, destemidamente, o nome do Senhor. 29Falava também e discutia com os helenistas. Mas estes procuravam matá-lo. 30Os irmãos, informados disso, acompanharam-no até Cesaréia e dali o fizeram partir para Tarso. 31A Igreja gozava então de paz por toda a Judéia, Galiléia e Samaria. Estabelecia-se ela caminhando no temor do Senhor, e a assistência do Espírito Santo a fazia crescer em número. 

Salmo Responsorial(21)

REFRÃO: Senhor, sois meu louvor em meio assembleia!
1. De vós procede o meu louvor na grande assembléia, cumprirei meus votos na presença dos que vos temem. Os pobres comerão e serão saciados; louvarão o Senhor aqueles que o procuram: Vivam para sempre os nossos corações. - R.
2. Hão de se lembrar do Senhor e a ele se converter todos os povos da terra; e diante dele se prostrarão todas as famílias das nações, - R.
3. Todos os que dormem no seio da terra o adorarão; diante dele se prostrarão os que retornam ao pó. - R.
4. Para ele viverá a minha alma, há de servi-lo minha descendência. Ela falará do Senhor às gerações futuras e proclamará sua justiça ao povo que vai nascer: Eis o que fez o Senhor. - R.

Segunda Leitura: 1º João 3, 18-24
 
18Meus filhinhos, não amemos com palavras nem com a língua, mas por atos e em verdade. 19Nisto é que conheceremos se somos da verdade, e tranquilizaremos a nossa consciência diante de Deus, 20caso nossa consciência nos censure, pois Deus é maior do que nossa consciência e conhece todas as coisas. 21Caríssimos, se a nossa consciência nada nos censura, temos confiança diante de Deus, 22e tudo o que lhe pedirmos, receberemos dele porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é agradável a seus olhos. 23Eis o seu mandamento: que creiamos no nome do seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, como ele nos mandou. 24Quem observa os seus mandamentos permanece em (Deus) e (Deus) nele. É nisto que reconhecemos que ele permanece em nós: pelo Espírito que nos deu. 

Evangelho: João 15, 1-8

 Naquele tempo,1Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, ele o cortará; 2e podará todo o que der fruto, para que produza mais fruto. 3Vós já estais puros pela palavra que vos tenho anunciado. 4Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Assim também vós: não podeis tampouco dar fruto, se não permanecerdes em mim. 5Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. 6Se alguém não permanecer em mim será lançado fora, como o ramo. Ele secará e hão de ajuntá-lo e lançá-lo ao fogo, e queimar-se-á. 7Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito. 8Nisto é glorificado meu Pai, para que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos. 

Nenhum comentário: