segunda-feira, 26 de agosto de 2013

XXI SEMANA COMUM
Primeira Leitura: 1º Tessalonicenses 1, 1-5.8-10
Leitura da primeira carta de são Paulo aos Tessalonicenses -  1Paulo, Silvano e Timóteo à igreja dos tessalonicenses, reunida em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo. A vós, graça e paz! 2Não cessamos de dar graças a Deus por todos vós, e de lembrar-vos em nossas orações. 3Com efeito, diante de Deus, nosso Pai, pensamos continuamente nas obras da vossa fé, nos sacrifícios da vossa caridade e na firmeza da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo, sob o olhar de Deus, nosso Pai. 4Sabemos, irmãos amados de Deus, que sois eleitos. 5O nosso Evangelho vos foi pregado não somente por palavra, mas também com poder, com o Espírito Santo e com plena convicção. Sabeis o que temos sido entre vós para a vossa salvação.8Em verdade, partindo de vós, não só ressoou a palavra do Senhor pela Macedônia e Acaia, mas também se propagou a fama de vossa fé em Deus por toda parte, de maneira que não temos necessidade de dizer coisa alguma. 9De fato, a nosso respeito, conta-se por toda parte qual foi o acolhimento que da vossa parte tivemos, e como abandonastes os ídolos e vos convertestes a Deus, para servirdes ao Deus vivo e verdadeiro, 10e aguardardes dos céus seu Filho que Deus ressuscitou dos mortos, Jesus, que nos livra da ira iminente. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(149)
REFRÃO:  O Senhor ama seu povo de verdade.
1.
 Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / e o seu louvor na assembléia dos fiéis! / Alegre-se Israel em Quem o fez, / e Sião se rejubile no seu Rei! -R.
2. Com danças glorifiquem o seu nome, / toquem harpa e tambor em sua honra! / Porque, de fato, o Senhor ama seu povo / e coroa com vitória os seus humildes. -R.
3. Exultem os fiéis por sua glória, / e cantando se levantem de seus leitos, /com louvores do Senhor em sua boca / Eis a glória para todos os seus santos.-R. 

Evangelho: Mateus 23, 12-22


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus - Naquele tempo,12Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado. 13Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Vós fechais aos homens o Reino dos céus. Vós mesmos não entrais e nem deixais que entrem os que querem entrar. 14[Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Devorais as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso, sereis castigados com muito maior rigor.] 15Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas! Percorreis mares e terras para fazer um prosélito e, quando o conseguis, fazeis dele um filho do inferno duas vezes pior que vós mesmos. 16Ai de vós, guias cegos! Vós dizeis: Se alguém jura pelo templo, isto não é nada; mas se jura pelo tesouro do templo, é obrigado pelo seu juramento. 17Insensatos, cegos! Qual é o maior: o ouro ou o templo que santifica o ouro? 18E dizeis ainda: Se alguém jura pelo altar, não é nada; mas se jura pela oferta que está sobre ele, é obrigado. 19Cegos! Qual é o maior: a oferta ou o altar que santifica a oferta? 20Aquele que jura pelo altar, jura ao mesmo tempo por tudo o que está sobre ele. 21Aquele que jura pelo templo, jura ao mesmo tempo por aquele que nele habita. 22E aquele que jura pelo céu, jura ao mesmo tempo pelo trono de Deus, e por aquele que nele está sentado. - Palavra da salvação.

Nenhum comentário: