quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

SANTO ANTÃO
PAI DA VIDA MONACAL
Primeira Leitura: Hebreus 3, 7-14

Leitura da carta aos Hebreus - Irmãos, 7Por isso, como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, 8não endureçais os vossos corações, como por ocasião da revolta, como no dia da tentação no deserto, 9quando vossos pais me puseram à prova e viram o meu poder por quarenta anos. 10Eu me indignei contra aquela geração, porque andavam sempre extraviados em seu coração e não compreendiam absolutamente nada dos meus desígnios. 11Por isso, em minha ira, jurei que não haveriam de entrar no lugar de descanso que lhes prometera (Sl 94,8-11)! 12Tomai precaução, meus irmãos, para que ninguém de vós venha a perder interiormente a fé, a ponto de abandonar o Deus vivo. 13Antes, animai-vos mutuamente cada dia durante todo o tempo compreendido na palavra hoje, para não acontecer que alguém se torne empedernido com a sedução do pecado. 14Porque somos incorporados a Cristo, mas sob a condição de conservarmos firme até o fim nossa fé dos primeiros dias, - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(94)

REFRÃO: Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: não fecheis os vossos corações.

1.
 Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão. R.
2. 
Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: "Não fecheis os corações como em Meriba, como em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras". -R.
3.
 Quarenta anos desgostou-me aquela raça e eu disse: "Eis um povo transviado, seu coração não conheceu os meus caminhos!" E por isso lhes jurei na minha ira: "Não entrarão no meu repouso prometido!" -R.


Evangelho: Marcos 1, 40-45


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos - Naquele tempo, 40Aproximou-se dele um leproso, suplicando-lhe de joelhos: "Se queres, podes limpar-me." 41Jesus compadeceu-se dele, estendeu a mão, tocou-o e lhe disse: "Eu quero, sê curado." 42E imediatamente desapareceu dele a lepra e foi purificado. 43Jesus o despediu imediatamente com esta severa admoestação: 44"Vê que não o digas a ninguém; mas vai, mostra-te ao sacerdote e apresenta, pela tua purificação, a oferenda prescrita por Moisés para lhe servir de testemunho." 45Este homem, porém, logo que se foi, começou a propagar e divulgar o acontecido, de modo que Jesus não podia entrar publicamente numa cidade. Conservava-se fora, nos lugares despovoados; e de toda parte vinham ter com ele. - Palavra da salvação.

Nenhum comentário: