quinta-feira, setembro 06, 2012

Grito dos excluidos


O Dia da Pátria, além de um dia de festa e celebração, vai se tornando também em um dia de consciência política de luta por uma nova ordem nacional e mundial. É um dia de sair às ruas, comemorar, refletir, reivindicar e lutar. E o grito ao longo dos anos tem priorizado a "Vida em primeiro lugar” e este ano, em sua 18ª edição (em Itapetinga 16ª) traz como lema “Queremos um Estado a serviço da Nação, que garanta direitos a toda população”, a fim de dar voz à população e trabalhar com a cidadania sobre a questão dos direitos.
A concentração e saída do Grito será da rua Macarani às 09:30, venham e participem com sua pastoral, movimentos e comunidades.



Nenhum comentário: