quinta-feira, 31 de julho de 2014

SANTO INÁCIO DE LOYOLA
(Branco, Prefácio Comum ou dos Pastores – Ofício da Memória)

Leitura (Jeremias 18,1-6)
18 1 Foi dirigida a Jeremias a palavra do Senhor nestes termos:2 “Vai e desce à casa do oleiro, e ali te farei ouvir minha palavra”.3 Desci, então, à casa do oleiro, e o encontrei ocupado a trabalhar no torno.4 Quando o vaso que estava a modelar não lhe saía bem, como sói acontecer nos trabalhos de cerâmica, punha-se a trabalhar em outro à sua maneira.5 Foi esta, então, a linguagem do Senhor: “casa de Israel, não poderei fazer de vós o que faz esse oleiro?” - oráculo do Senhor.6 “O que é a argila em suas mãos, assim sois vós nas minhas, Casa de Israel”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 145/146
Feliz quem se apóia no Deus de Jacó!
Bendize, minha alma, ao Senhor!
Bendize, minha alma, ao Senhor!
Bendirei ao Senhor toda a vida,
Cantarei ao meu Deus sem cessar!

Não ponhais vossa fé nos que mandam,
Não há homem que possa salvar.
Ao faltar-lhe o respiro, ele volta
Para a terra de onde saiu;
Nesses dia seus planos perecem.

É feliz todo homem que busca
Seu auxílio no Deus de Jacó
E que põe no Senhor a esperança.
O Senhor fez o céu e a terra,
fez o mar e o que neles existe.

 
Evangelho (Mateus 13,47-53)
13 47 “O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie.48 Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta.49 Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos50 e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes.51 Compreendestes tudo isto? Sim, Senhor, responderam eles.52 Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas”.53 Após ter exposto as parábolas, Jesus partiu.
Palavra da Salvação.
 

quarta-feira, 30 de julho de 2014

XVII SEMANA DO TEMPO COMUM 

Leitura (Jeremias 15,10.16-21)
15 10 “Ai de mim, ó minha mãe, que me geraste, para tornar-se objeto de disputa e de discórdia em toda a terra! Não sou credor nem devedor, e, no entanto, todos me maldizem.16 Vede: é por vós que sofro ultrajes da parte daqueles que desprezam vossas palavras. Aniquilai-os. Vossa palavra constitui minha alegria e as delícias do meu coração, porque trago o vosso nome, ó Senhor, Deus dos exércitos!17 Não me assentei entre os escarnecedores, para entre eles encontrar o meu prazer. Apoiado em vossa mão, assentei-me à parte, porque me havíeis enchido de indignação.18 Por que não tem fim a minha dor, e não cicatriza a minha chaga, rebelde ao tratamento? Ai! Sereis para mim qual riacho enganador, fonte de água com que não se pode contar?19 Eis a razão pela qual diz o Senhor: Se voltares, farei de ti o servo que está a meu serviço. Se apartares o precioso do que é vil serás como a minha boca. Serão eles, então, que virão a ti, e não tu que irás a eles.20 Então, erguerei ante esse povo sólida muralha como o bronze. Será atacada, mas não conseguirão vencê-la, pois estarei a teu lado para proteger-te e te livrar - oráculo do Senhor. 21 Arrebatar-te-ei da mão dos maus e te libertarei do poder dos violentos”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 58/59
Sois meu refúgio no dia da aflição.
Libertai-me do inimigo, ó meu Deus,
 e protegei-me contra os meus perseguidores!
Libertai-me dos obreiros da maldade, 
defendei-me desses homens sanguinários!


Eis que ficam espreitando a minha vida,
poderosos armam tramas contra mim.
Mas eu, Senhor, não cometi pecado ou crime.


Minha força, é a vós que me dirijo,
porque sois o meu refúgio e proteção,
Deus clemente e compassivo, meu amor!
Deus virá com seu amor ao meu encontro,
e hei de ver meus inimigos humilhados.


Eu, então, hei de cantar vosso poder
e de manhã celebrarei vossa bondade,
porque fostes para mim o meu abrigo,
o meu refúgio no dia da aflição.


Minha força, cantarei vossos louvores,
porque sois o meu refúgio e proteção,
Deus clemente e compassivo, meu amor!
 
Evangelho (Mateus 13,44-46)
1344 Disse Jesus: “O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo.45 O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas.46 Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra”.
Palavra da Salvação.
 

terça-feira, 29 de julho de 2014

SANTA MARTA
DISCÍPULA DE JESUS
(Branco, Prefácio Comum ou dos Santos – Ofício da Memória)

Leitura (1 João 4,7-16)
4 7 Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus, e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.8 Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.9 Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo o seu Filho único, para que vivamos por ele.10 Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nossos pecados.11 Caríssimos, se Deus assim nos amou, também nós nos devemos amar uns aos outros.12 Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amarmos mutuamente, Deus permanece em nós e o seu amor em nós é perfeito.13 Nisto é que conhecemos que estamos nele e ele em nós, por ele nos ter dado o seu Espírito.14 E nós vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo.15 Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele e ele em Deus.16 Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele.
Palavra do Senhor.

 
Salmo responsorial 33/34
Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo.

Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre e minha boca.
Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!


Comigo engrandecei ao senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome!
Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu e de todos os temores me livrou.


Contemplai a sua face e alegrai-vos, E vosso rosto não se cubra de vergonha!
Este infeliz gritou a Deus e foi ouvido, E o Senhor o libertou de toda angústia.


O anjo do Senhor vem acampar Ao redor dos que o temem e os salva.
Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, Porque nada faltará aos que o temem.
Os ricos empobrecem, passam fome, Mas aos que buscam o Senhor não falta nada.

 
Evangelho (João 11,19-27)
Naquele tempo, 1119 muitos judeus tinham vindo a Marta e a Maria, para lhes apresentar condolências pela morte de seu irmão.20 Mal soube Marta da vinda de Jesus, saiu-lhe ao encontro. Maria, porém, estava sentada em casa.21 Marta disse a Jesus: "Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido!22 Mas sei também, agora, que tudo o que pedires a Deus, Deus to concederá".23 Disse-lhe Jesus: "Teu irmão ressurgirá".24 Respondeu-lhe Marta: "Sei que há de ressurgir na ressurreição no último dia".25 Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.26 E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. Crês nisto?"27 Respondeu ela: "Sim, Senhor. Eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, aquele que devia vir ao mundo".
Palavra da Salvação.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

XVII SEMANA DO TEMPO COMUM

Leitura (Jeremias 13,1-13)
13 1Disse-me o Senhor: “Vai e compra um cinto de linho e coloca-o sobre os rins, sem contudo mergulhá-lo na água”.2 Comprei-o, conforme ordenara o Senhor, e com ele me cingi.3 Pela segunda vez, assim me falou o Senhor:4 “Toma o cinto que compraste e que trazes contigo e encaminha-te para as margens do Eufrates. Lá ocultarás esse cinto na cavidade de um rochedo”.5 Fui assim escondê-lo, junto do Eufrates, como me havia dito o Senhor.6 Tempos depois, voltou o Senhor a dizer-me: “Põe-te a caminho em demanda das margens do Eufrates, a fim de buscar o cinto que, conforme minhas ordens, lá escondeste”.7 Dirigi-me, então, ao rio e, tendo cavado, retirei o cinto do local onde o escondera. O cinto, porém, apodrecera, e para nada mais servia.8 Então, nestes termos, foi-me dirigida a palavra do Senhor:9 “Eis o que diz o Senhor: assim também destruirei a soberba de Judá, e o orgulho imenso de Jerusalém.10 Esse povo perverso que recusa executar-me as ordens, que segue os pendores do coração empedernido, que corre aos deuses estranhos para render-lhes homenagens e prostrar-se ante eles, tornar-se-á semelhante a esse cinto sem mais serventia alguma.11 À semelhança de um cinto que se prende aos rins de um homem, assim uni a mim toda a casa de Israel e toda a casa de Judá - oráculo do Senhor -, a fim de que constituíssem meu povo, minha honra, glória e ufania. Elas, porém, não obedeceram”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial Dt 32
Esqueceram o Deus que os gerou.
Da rocha que te deu à luz, te esqueceste, Do Deus que te gerou, não te lembraste.
Vendo isso, o Senhor os desprezou, Aborrecido com seus filhos e suas filhas.


E disse: Esconderei deles meu rosto E verei, então, o fim que eles terão,
Pois tornaram-se um povo pervertido, São filhos que não têm fidelidade.


Com deuses falsos provocaram minha ira, Com ídolos vazios me irritaram;
Vou provocá-los por aqueles que nem povo são, Através de gente louca hei de irritá-los.
 
Evangelho (Mateus 13,31-35)
1331 Em seguida, propôs-lhes outra parábola: “O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo.32 É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos”.33 Disse-lhes, por fim, esta outra parábola. “O Reino dos céus é comparado ao fermento que uma mulher toma e mistura em três medidas de farinha e que faz fermentar toda a massa”.34 Tudo isto disse Jesus à multidão em forma de parábola. De outro modo não lhe falava,35 para que se cumprisse a profecia: “Abrirei a boca para ensinar em parábolas; revelarei coisas ocultas desde a criação”.
Palavra da Salvação.
 

domingo, 27 de julho de 2014

XVII DOMINGO DO TEMO COMUM
(Verde, Glória, Creio – I Semana do Saltério)

Leitura (1 Reis 3,5.7-12)
Naqueles dias, 3 5 o Senhor apareceu a Salomão em sonhos em Gabaon durante a noite, e disse-lhe: "Pede-me o que queres que eu te dê".7" Sois vós, portanto, ó Senhor meu Deus, que fizestes reinar o vosso servo em lugar de Davi, meu pai. Mas eu não passo de um adolescente, e não sei como me conduzir.8 E, sem embargo, vosso servo se encontra no meio de vosso povo escolhido, um povo imenso, tão numeroso que não se pode contar, nem calcular.9 Dai, pois, ao vosso servo um coração sábio, capaz de julgar o vosso povo e discernir entre o bem e o mal; pois sem isso, quem poderia julgar o vosso povo, um povo tão numeroso?"10 O Senhor agradou-se dessa oração, e disse a Salomão:11 "Pois que me fizeste esse pedido, e não pediste nem longa vida, nem riqueza, nem a morte de teus inimigos, mas sim inteligência para praticar a justiça,12 vou satisfazer o teu desejo; dou-te um coração tão sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti e nem haverá depois de ti".
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 118/119
Como eu amo, Senhor, a vossa lei, vossa palavra!

É esta a parte que escolhi por minha herança: observar vossas palavras ó Senhor!
A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata.


Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes.
Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer!


Por isso amo os mandamentos que nos destes mais que o ouro, muito mais que o ouro fino!
Por isso eu sigo bem direito as vossas leis, detesto todos os caminhos da mentira.


Maravilhosos são os vossos testemunhos, eis por que meu coração os observa!
Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.

 
Leitura (Romanos 8,28-30)
Irmãos, 8 28 sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são os eleitos, segundo os seus desígnios.29 Os que ele distinguiu de antemão, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que este seja o primogênito entre uma multidão de irmãos.30 E aos que predestinou, também os chamou; e aos que chamou, também os justificou; e aos que justificou, também os glorificou.
Palavra do Senhor.
 
Evangelho (Mateus 13,44-52 ou 44-46)
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos, 1344 "O Reino dos céus é também semelhante a um tesouro escondido num campo. Um homem o encontra, mas o esconde de novo. E, cheio de alegria, vai, vende tudo o que tem para comprar aquele campo.45 O Reino dos céus é ainda semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas.46 Encontrando uma de grande valor, vai, vende tudo o que possui e a compra.47 O Reino dos céus é semelhante ainda a uma rede que, jogada ao mar, recolhe peixes de toda espécie.48 Quando está repleta, os pescadores puxam-na para a praia, sentam-se e separam nos cestos o que é bom e jogam fora o que não presta.49 Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos50 e os arrojarão na fornalha, onde haverá choro e ranger de dentes.51 Compreendestes tudo isto?" "Sim, Senhor", responderam eles.52 "Por isso, todo escriba instruído nas coisas do Reino dos céus é comparado a um pai de família que tira de seu tesouro coisas novas e velhas".
Palavra da Salvação.

sábado, 26 de julho de 2014

SANTOS JOAQUIM E ANA
PAIS DE MARIA

Leitura (Eclesiástico 44,1.10-15)
44 1 Façamos o elogio dos homens ilustres, que são nossos antepassados, em sua linhagem.10 Os primeiros, porém, foram homens de misericórdia; nunca foram esquecidas as obras de sua caridade.11 Na sua posteridade permanecem os seus bens.12 Os filhos de seus filhos são uma santa linhagem, e seus descendentes mantêm-se fiéis às alianças.13 Por causa deles seus filhos permanecem para sempre, e sua posteridade, assim como sua glória, não terá fim.14 Seus corpos foram sepultados em paz, seu nome vive de século em século.15 Proclamem os povos sua sabedoria, e cante a assembléia os seus louvores!
Palavra do Senhor.

 
Salmo responsorial 131/132
O Senhor vai dar-lhe o trono de seu pai, o rei Davi.
O Senhor fez a Davi um juramento, uma promessa que jamais renegará:
“Um herdeiro que é fruto do teu ventre colocarei sobre o trono em teu lugar!”


Pois o Senhor quis para si Jerusalém e a desejou para que fosse sua morada:
“Eis o lugar do meu repouso para sempre, eu fico aqui: este é o lugar que preferi!”

“De Davi farei brotar um forte herdeiro, acenderei ao meu ungido uma lâmpada.
Cobrirei de confusão seus inimigos, mas sobre ele brilhará minha coroa!”
 
Evangelho (Mateus 13,16-17)
1316 Disse Jesus aos seus discípulos: “Quanto a vós, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem! Ditosos os vossos ouvidos, porque ouvem!17 Eu vos declaro, em verdade: muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes e não o viram, ouvir o que ouvis e não ouviram”.
Palavra da Salvação.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

SÃO TIAGO MAIOR
APÓSTOLO E EVANGELIZADOR
(Vermelho, Glória, Prefácio dos Apóstolos – Ofício da Festa)

Leitura (2 Coríntios 4,7-15)
Irmãos, 4 7 temos este tesouro em vasos de barro, para que transpareça claramente que este poder extraordinário provém de Deus e não de nós.8 Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos. Vivemos em completa penúria, mas não desesperamos.9 Somos perseguidos, mas não ficamos desamparados. Somos abatidos, mas não somos destruídos.10 Trazemos sempre em nosso corpo os traços da morte de Jesus para que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo.11 Estando embora vivos, somos a toda hora entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus apareça em nossa carne mortal.12 Assim em nós opera a morte, e em vós a vida.13 Animados deste espírito de fé, conforme está escrito: "Eu cri, por isto falei", também nós cremos, e por isso falamos.14 Pois sabemos que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará também a nós com Jesus e nos fará comparecer diante dele convosco.15 E tudo isso se faz por vossa causa, para que a graça se torne copiosa entre muitos e redunde o sentimento de gratidão, para glória de Deus.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 125/126
Os que lançam as sementes entre lágrimas
ceifarão com alegria.


Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, parecíamos sonhar;
encheu-se de sorriso nossa boca, nossos lábios, de canções.


Entre os gentios se dizia: “Maravilhas fez com eles o Senhor!”
Sim, maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!


Mudai a nossa sorte, ó Senhor, como torrentes no deserto.
Os que lançam as sementes entre lágrimas ceifarão com alegria.


Chorando de tristeza sairão, espalhando suas sementes;
cantando de alegria voltarão, carregando os seus feixes!

 
Evangelho (Mateus 20,20-28)
Naquele tempo, 20 20 aproximou-se a mãe dos filhos de Zebedeu com seus filhos e prostrou-se diante de Jesus para lhe fazer uma súplica.21 Perguntou-lhe ele: "Que queres?" Ela respondeu: "Ordena que estes meus dois filhos se sentem no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda".22 Jesus disse: "Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu devo beber?" "Sim", disseram-lhe.23 "De fato, bebereis meu cálice. Quanto, porém, ao sentar-vos à minha direita ou à minha esquerda, isto não depende de mim vo-lo conceder. Esses lugares cabem àqueles aos quais meu Pai os reservou".24 Os dez outros, que haviam ouvido tudo, indignaram-se contra os dois irmãos.25 Jesus, porém, os chamou e lhes disse: "Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade.26 Não seja assim entre vós. Todo aquele que quiser tornar-se grande entre vós, se faça vosso servo.27 E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo.28 Assim como o Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate por uma multidão".
Palavra da Salvação.
 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

XVI SEMANA DO TEMPO COMUM 

Leitura (Jeremias 2,1-3.7-8.12-13)
2 1 A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos: “Vai e clama aos ouvidos de Jerusalém estas palavras - oráculo do Senhor: Lembro-me de tua afeição quando eras jovem, de teu amor de noivado, no tempo em que me seguias ao deserto, à terra sem sementeiras. Era, então, Israel propriedade sagrada do Senhor. As primícias de sua colheita, todos quantos dela comiam, carregavam-lhe a culpa, e o mal lhes advinha” - oráculo do Senhor. “Encaminhei-vos a uma terra de vergéis, para lhe comerdes os frutos e saborear-lhe os bens; tão logo chegastes, maculastes-me a terra; e transformastes minha herança em lugar que me causa horror. Não haviam dito os sacerdotes: Onde está o Senhor? Os depositários da lei não me conheceram; revoltaram-se contra mim os pastores, e os profetas proferiram oráculos em nome de Baal. Puseram-se a seguir aqueles (deuses) que nenhum socorro lhes dão. Ó céus, pasmai, tremei de espanto e horror” - oráculo do Senhor. “Porque meu povo cometeu uma dupla perversidade: abandonou-me, a mim, fonte de água viva, para cavar cisternas, cisternas fendidas que não retêm a água”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 35/36
Em vós está a fonte da vida, ó Senhor!
Vosso amor chega aos céus, ó Senhor,
Chega às nuvens a vossa verdade.
Como as altas montanhas eternas
É a vossa justiça, Senhor.


Quão preciosa é, Senhor, vossa graça!
Eis que os filhos dos homens se abrigam
Sob a sombra das asas de Deus.
Na abundância de vossa morada,
Eles vêm saciar-se de bens.
Vós lhes dais de beber água viva
Na torrente das vossas delícias.


Pois em vós está a fonte da vida,
E em vossa luz contemplamos a luz.
Conservai aos fiéis vossa graça,
E aos retos, a vossa justiça!
 
Evangelho (Mateus 13,10-17)
1310 Os discípulos aproximaram-se dele, então, para dizer-lhe: “Por que lhes falas em parábolas?” 11 Respondeu Jesus: “Porque a vós é dado compreender os mistérios do Reino dos céus, mas a eles não. 12 Ao que tem, se lhe dará e terá em abundância, mas ao que não tem será tirado até mesmo o que tem. 13 Eis por que lhes falo em parábolas: para que, vendo, não vejam e, ouvindo, não ouçam nem compreendam. 14 Assim se cumpre para eles o que foi dito pelo profeta Isaías: ‘Ouvireis com vossos ouvidos e não entendereis, olhareis com vossos olhos e não vereis, 15 porque o coração deste povo se endureceu: taparam os seus ouvidos e fecharam os seus olhos, para que seus olhos não vejam e seus ouvidos não ouçam, nem seu coração compreenda; para que não se convertam e eu os sare’. 16 Mas, quanto a vós, bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem! Ditosos os vossos ouvidos, porque ouvem! 17 Eu vos declaro, em verdade: muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes e não o viram, ouvir o que ouvis e não ouviram.
Palavra da Salvação.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

XVI SEMANA DO TEMPO COMUM 

Leitura (Jeremias 1,1.4-10)
1 1 Palavras de Jeremias, filho de Helcias, um dos sacerdotes que viviam em Anatot, na terra de Benjamim.4 Foi-me dirigida nestes termos a palavra do Senhor:5 “Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia; antes de teu nascimento, eu já te havia consagrado, e te havia designado profeta das nações”.6 E eu respondi: “Ah! Senhor JAVÉ, eu nem sei falar, pois que sou apenas uma criança”.7 Replicou porém o Senhor: “Não digas: Sou apenas uma criança: porquanto irás procurar todos aqueles aos quais te enviar, e a eles dirás o que eu te ordenar.8 Não deverás temê-los porque estarei contigo para livrar-te” - oráculo do Senhor.9 E o Senhor, estendendo em seguida a sua mão, tocou-me na boca. E assim me falou: “Eis que coloco minhas palavras nos teus lábios.10 Vê: dou-te hoje poder sobre as nações e sobre os reinos para arrancares e demolires, para arruinares e destruíres, para edificares e plantares”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 70/71
Minha boca anunciará vossa justiça.
Eu procuro meu refúgio em vós, Senhor:
que eu não seja envergonhado para sempre!
Porque sois justo, defendei-me e libertai-me!
Escutai a minha voz, vinde salvar-me!

Sede uma rocha protetora para mim,
um abrigo bem seguro que me salve!
Porque sois a minha força e meu amparo,
o meu refúgio, proteção e segurança!
Libertai-me, ó meu Deus, das mãos do ímpio.

Porque sois, ó Senhor Deus, minha esperança,
em vós confio desde a minha juventude!
Sois meu apoio desde antes que eu nascesse,
desde o seio maternal, o meu amparo.

Minha boca anunciará todos os dias
vossa justiça e vossas graças incontáveis.
Vós me ensinastes desde a minha juventude,
e até hoje canto as vossas maravilhas.

 
Evangelho (Mateus 13,1-9)
13 1 Naquele dia, saiu Jesus e sentou-se à beira do lago.2 Acercou-se dele, porém, uma tal multidão, que precisou entrar numa barca. Nela se assentou, enquanto a multidão ficava à margem.3 E seus discursos foram uma série de parábolas.4 Disse ele: “Um semeador saiu a semear. E, semeando, parte da semente caiu ao longo do caminho; os pássaros vieram e a comeram.5 Outra parte caiu em solo pedregoso, onde não havia muita terra, e nasceu logo, porque a terra era pouco profunda.6 Logo, porém, que o sol nasceu, queimou-se, por falta de raízes.7 Outras sementes caíram entre os espinhos: os espinhos cresceram e as sufocaram.8 Outras, enfim, caíram em terra boa: deram frutos, cem por um, sessenta por um, trinta por um.9 Aquele que tem ouvidos, ouça”.
Palavra da Salvação.
 

terça-feira, 22 de julho de 2014

SANTA MARIA MADALENA
DISCÍPULA DE JESUS
(Branco, Prefácio Comum ou dos Santos – Ofício da Memória)

Leitura (Cântico 3,1-4)
3 1 "Durante as noites, no meu leito, busquei aquele que meu coração ama; procurei-o, sem o encontrar.2 Vou levantar-me e percorrer a cidade, as ruas e as praças, em busca daquele que meu coração ama; procurei-o, sem o encontrar.3 Os guardas encontraram-me quando faziam sua ronda na cidade. ‘Vistes acaso aquele que meu coração ama?’4 Mal passara por eles, encontrei aquele que meu coração ama. Segurei-o, e não o largarei antes que o tenha introduzido na casa de minha mãe, no quarto daquela que me concebeu".
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 62/63
A minha alma tem sede de vós, Senhor!

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!
Desde a aurora ansioso vos busco!
A minha alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja
como terra sedenta e sem água!

Venho, assim, contemplar-vos no templo
para ver vossa glória e poder.
vosso amor vale mais do que a vida,
e por isso meus lábios vos louvam.

Quero, pois, vos louvar pela vida
e elevar para vós minhas mãos!
A minha alma será saciada
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios
ao cantar para vós meu louvor!

Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta.

 
Evangelho (João 20,1-2.11-18)
201 No primeiro dia que se seguia ao sábado, Maria Madalena foi ao sepulcro, de manhã cedo, quando ainda estava escuro. Viu a pedra removida do sepulcro.2 Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: "Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram!"11 Entretanto, Maria se conservava do lado de fora perto do sepulcro e chorava. Chorando, inclinou-se para olhar dentro do sepulcro.12 Viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.13 Eles lhe perguntaram: "Mulher, por que choras?" Ela respondeu: "Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram".14 Ditas estas palavras, voltou-se para trás e viu Jesus em pé, mas não o reconheceu.15 Perguntou-lhe Jesus: "Mulher, por que choras? Quem procuras?" Supondo ela que fosse o jardineiro, respondeu: "Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste e eu o irei buscar".16 Disse-lhe Jesus: "Maria!" Voltando-se ela, exclamou em hebraico: "Rabôni!" (que quer dizer Mestre).17 Disse-lhe Jesus: "Não me retenhas, porque ainda não subi a meu Pai, mas vai a meus irmãos e dize-lhes: ‘Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus’".18 Maria Madalena correu para anunciar aos discípulos que ela tinha visto o Senhor e contou o que ele lhe tinha falado.
Palavra da Salvação.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

XVI SEMANA DO TEMPO COMUM 

Leitura (Miqueias 6,1-4.6-8)
6 1 Ouvi o que diz o Senhor: “Vamos, advoga tua causa diante das montanhas, ouçam as colinas a tua voz!”2 Ouvi, montanhas, o processo do Senhor, e vós, fundamentos perenes da terra. Porque o Senhor entrou em juízo com seu povo, ele vai pleitear com Israel:3 “Povo meu, que te fiz, ou em que te contristei? Responde-me.4 Fiz-te sair do Egito, livrei-te da escravidão, e mandei diante de ti Moisés, Aarão e Maria”.5 “Povo meu, lembra-te dos desígnios de Balac, rei de Moab, e a resposta que lhe deu Balaão, filho de Beor; lembra-te (da etapa) entre Setim e Gálgala, para reconheceres os benefícios do Senhor.6 Com que me apresentarei diante do Senhor, e me prostrarei diante do Deus soberano? Irei à sua presença com holocaustos e novilhos de um ano?”7 Agradar-se-á, porventura, o Senhor com milhares de carneiros, ou com milhões de torrentes de óleo? Sacrificar-lhe-ei pela minha maldade o meu primogênito, o fruto de minhas entranhas por meus próprios pecados?8 Já te foi dito, ó homem, o que convém, o que o Senhor reclama de ti: que pratiques a justiça, que ames a bondade, e que andes com humildade diante do teu Deus.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 49/50
A todo homem que procede retamente eu mostrarei a salvação que vem de Deus.
“Reuni à minha frente os meus eleitos, que selaram a aliança em sacrifícios!”
Testemunha o próprio céu seu julgamento, porque Deus mesmo é juiz e vai julgar.


Eu não venho censurar teus sacrifícios, pois sempre estão perante mim teus holocaustos;
não preciso dos novilhos de tua casa nem dos carneiros que estão nos teus rebanhos.


“Como ousas repetir os meus preceitos e trazer minha aliança em tua boca?
Tu que odiaste minhas leis e meus conselhos e deste as costas às palavras dos meus lábios!


Diante disso que fizeste, eu calarei? Acaso pensar que eu sou igual a ti?
É disso que te acuso e repreendo e manifesto essas coisas aos teus olhos.


Quem me oferece um sacrifício de louvor, este sim, é que me honra de verdade.
A todo homem que procede retamente eu mostrarei a salvação que vem de Deus”.

 
Evangelho (Mateus 12,38-42)
1238 Então alguns escribas e fariseus tomaram a palavra: “Mestre, quiséramos ver-te fazer um milagre”.39 Respondeu-lhes Jesus: “Esta geração adúltera e perversa pede um sinal, mas não lhe será dado outro sinal do que aquele do profeta Jonas:40 do mesmo modo que Jonas esteve três dias e três noites no ventre do peixe, assim o Filho do Homem ficará três dias e três noites no seio da terra.41 No dia do juízo, os ninivitas se levantarão com esta raça e a condenarão, porque fizeram penitência à voz de Jonas. Ora, aqui está quem é mais do que Jonas.42 No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará com esta raça e a condenará, porque veio das extremidades da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. Ora, aqui está quem é mais do que Salomão”.
Palavra da Salvação.

domingo, 20 de julho de 2014

XVI DOMINGO DO TEMPO COMUM
(Verde, Glória, Creio – IV Semana do Saltério)

Leitura (Sabedoria 12,13.16-19)
12 13 Não há, fora de vós, um Deus que se ocupa de tudo, e a quem deveis mostrar que nada é injusto em vosso julgamentos;16 Porque vossa força é o fundamento de vossa justiça e o fato de serdes Senhor de todos, vos torna indulgente para com todos.17 Mostrais vossa força aos que não crêem no vosso poder, e confundis os que a não conhecem e ousam afrontá-la.18 Senhor de vossa força, julgais com bondade, e nos governais com grande indulgência, porque sempre vos é possível empregar vosso poder, quando quiserdes.19 Agindo desta maneira, mostrastes a vosso povo que o justo deve ser cheio de bondade, e inspirastes a vossos filhos a boa esperança de que, após o pecado, lhes dareis tempo para a penitência;
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 85/86
Ó Senhor, vós sois bom, sois clemente e fiel!

Ó Senhor, vós sois bom e clemente, sois perdão para quem vos invoca.
Escutai, ó Senhor, minha prece, o lamento da minha oração!


As nações que criastes virão adorar e louvar vosso nome.
Sois tão grande e fazeis maravilhas: vós somente sois Deus e Senhor.


Vós, porém, sois clemente e fiel, sois amor, paciência e perdão.
Tende pena e olhai para mim! Confirmai com vigor vosso servo.

 
Leitura (Romanos 8,26-27)
Irmãos, 8 26 o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis.27 E aquele que perscruta os corações sabe o que deseja o Espírito, o qual intercede pelos santos, segundo Deus.
Palavra do Senhor.
 
Evangelho (Mateus 13,24-43 ou 24-30)
Naquele tempo, 1324 Jesus propôs-lhes outra parábola: "O Reino dos céus é semelhante a um homem que tinha semeado boa semente em seu campo.25 Na hora, porém, em que os homens repousavam, veio o seu inimigo, semeou joio no meio do trigo e partiu.26 O trigo cresceu e deu fruto, mas apareceu também o joio.27 Os servidores do pai de família vieram e disseram-lhe: ‘Senhor, não semeaste bom trigo em teu campo? Donde vem, pois, o joio?’28 Disse-lhes ele: ‘Foi um inimigo que fez isto!’ Replicaram-lhe: ‘Queres que vamos e o arranquemos?’29 ‘Não’, disse ele; ‘arrancando o joio, arriscais a tirar também o trigo.30 Deixai-os crescer juntos até a colheita. No tempo da colheita, direi aos ceifadores: arrancai primeiro o joio e atai-o em feixes para o queimar. Recolhei depois o trigo no meu celeiro’".31 Em seguida, propôs-lhes outra parábola: "O Reino dos céus é comparado a um grão de mostarda que um homem toma e semeia em seu campo.32 É esta a menor de todas as sementes, mas, quando cresce, torna-se um arbusto maior que todas as hortaliças, de sorte que os pássaros vêm aninhar-se em seus ramos".33 Disse-lhes, por fim, esta outra parábola. "O Reino dos céus é comparado ao fermento que uma mulher toma e mistura em três medidas de farinha e que faz fermentar toda a massa".34 Tudo isto disse Jesus à multidão em forma de parábola. De outro modo não lhe falava,35 para que se cumprisse a profecia: "Abrirei a boca para ensinar em parábolas; revelarei coisas ocultas desde a criação".36 Então despediu a multidão. Em seguida, entrou de novo na casa e seus discípulos agruparam-se ao redor dele para perguntar-lhe: "Explica-nos a parábola do joio no campo".37 Jesus respondeu: "O que semeia a boa semente é o Filho do Homem.38 O campo é o mundo. A boa semente são os filhos do Reino. O joio são os filhos do Maligno.39 O inimigo, que o semeia, é o demônio. A colheita é o fim do mundo. Os ceifadores são os anjos.40 E assim como se recolhe o joio para jogá-lo no fogo, assim será no fim do mundo.41 O Filho do Homem enviará seus anjos, que retirarão de seu Reino todos os escândalos e todos os que fazem o mal42 e os lançarão na fornalha ardente, onde haverá choro e ranger de dentes.43 Então, no Reino de seu Pai, os justos resplandecerão como o sol. Aquele que tem ouvidos, ouça".
Palavra da Salvação.
 

sábado, 19 de julho de 2014

XV SEMANA DO TEMPO COMUM

Leitura (Miquéias 2,1-5)
1 Ai dos maquinadores de iniqüidade, dos que tramam o mal nos seus leitos, e o executam logo ao amanhecer do dia, porque têm o poder na mão!2 Cobiçam as terras e apoderam-se delas, cobiçam as casas e roubam-nas; fazem violência ao homem e à sua família, ao dono e à sua herança.3 “Por isso”, eis o que diz o Senhor: “medito um mal contra essa raça, do qual não livrareis o vosso pescoço. Não andareis mais com a cabeça erguida, porque será um tempo de calamidades;4 naquele dia compor-se-ão canções a vosso respeito, e cantar-se-á uma elegia: ‘Estamos perdidos, dir-se-á; fizeram passar a outros parte de meu povo. Como ma arrebataram? Nossas terras foram divididas entre os rebeldes’.5 Por isso não haverá ninguém que estenda o cordel para ti sobre uma parte na assembléia do Senhor”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 9B/10
O Senhor não se esquece do clamor dos aflitos.
Ó Senhor, por que ficais assim tão longe e, no tempo da aflição, vos escondeis,
enquanto o pecador se ensoberbece, o pobre sofre e cai no laço do malvado?


O ímpio se gloria em seus excessos, blasfema o avarento e vos despreza;
em seu orgulho ele diz: “Não há castigo! Deus não existe!” É isso mesmo que ele pensa.


Só há maldade e violência em sua boca, em sua língua, só mentira e falsidade.
Arma emboscadas nas saídas das aldeias, mata inocentes em lugares escondidos.


Vós, porém, vedes a dor e o sofrimento, vós olhais e tomais tudo em vossas mãos!
A vós o pobre se abandona confiante, sois dos órfãos vigilante protetor.

 
Evangelho (Mateus 12,14-21)
1214 Os fariseus saíram dali e deliberaram sobre os meios de matar Jesus.15 Jesus soube disso e afastou-se daquele lugar. Uma grande multidão o seguiu, e ele curou todos os seus doentes.16 Proibia-lhes formalmente falar disso,17 para que se cumprisse o anunciado pelo profeta Isaías:18 “Eis o meu servo a quem escolhi, meu bem-amado em quem minha alma pôs toda sua a afeição. Farei repousar sobre ele o meu Espírito e ele anunciará a justiça aos pagãos.19 Ele não disputará, não elevará sua voz; ninguém ouvirá sua voz nas praças públicas.20 Não quebrará o caniço rachado, nem apagará a mecha que ainda fumega, até que faça triunfar a justiça.21 Em seu nome as nações pagãs porão sua esperança”.
Palavra da Salvação.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

XV SEMANA DO TEMPO COMUM

Leitura (Isaías 38,1-6.21-22.7-8)
38 1 Naquele tempo, Ezequias esteve doente, quase à morte. O profeta Isaías, filho de Amós, veio ter com ele e lhe disse: “Eis o que disse o Senhor: põe em ordem a tua casa porque vais morrer, não te restabelecerás”.2 Então Ezequias voltou-se para a parede e se pôs a orar ao Senhor;3 “Senhor”, disse ele, “lembrai-vos de que tenho andado diante de vós com lealdade, de todo o coração, segundo a vossa vontade”. E chorava abundantemente.4 Depois a palavra do Senhor foi dirigida a Isaías nestes termos:5 “Vai dizer a Ezequias: eis o que diz o Senhor, o Deus de Davi, teu pai: ‘Ouvi tua oração e vi tuas lágrimas, prolongarei tua vida por quinze anos,6 livrar-te-ei, a ti e a esta cidade, das mãos do rei da Assíria. Protegerei esta cidade’”.21 Isaías disse então: “Que tragam um cataplasma de figos para aplicar sobre a úlcera, e Ezequias sarará”.22 Ezequias disse: “Que sinal me garantirá que eu tornarei ao templo do Senhor?”7 “E eis o sinal, da parte do Senhor, para convencer-te de que cumprirá a promessa:8 farei a sombra recuar os dez graus que o sol já lhe fez descer no relógio solar de Acaz”. E o sol voltou dez graus para trás.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial Is 38
Vós livrastes minha vida do sepulcro,
a fim de eu não deixar de existir.


Eu dizia: “É necessário que eu me vá no apogeu de minha vida e de meus dias;
para a mansão dos mortos descerei, sem viver o que me resta dos meus anos”

Eu dizia: “Não verei o Senhor Deus sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!”

Minha morada foi à força arrebatada, desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida, mas agora foi cortada a sua trama.

Ó Senhor, meu coração em vós espera; por vós há de viver o meu espírito,
Curai-me e conservai a minha vida.
 
Evangelho (Mateus 12,1-8)
Naquele tempo, 121 atravessava Jesus os campos de trigo num dia de sábado. Seus discípulos, tendo fome, começaram a arrancar as espigas para comê-las.2 Vendo isto, os fariseus disseram-lhe: “Eis que teus discípulos fazem o que é proibido no dia de sábado”.3 Jesus respondeu-lhes: “Não lestes o que fez Davi num dia em que teve fome, ele e seus companheiros,4 como entrou na casa de Deus e comeu os pães da proposição? Ora, nem a ele nem àqueles que o acompanhavam era permitido comer esses pães reservados só aos sacerdotes.5 Não lestes na lei que, nos dias de sábado, os sacerdotes transgridem no templo o descanso do sábado e não se tornam culpados?6 Ora, eu vos declaro que aqui está quem é maior que o templo.7 Se compreendêsseis o sentido destas palavras: ‘Quero a misericórdia e não o sacrifício’... não condenaríeis os inocentes.8 Porque o Filho do Homem é senhor também do sábado”.
Palavra da Salvação.
 

quinta-feira, 17 de julho de 2014

BEATO INÁCIO DE AZEVEDO
PRESBÍTERO E MÁRTIR
(Vermelho, Prefácio Comum ou dos Mártires – Ofício da Memória)

Leitura (Isaías 26,7-9.12.16-19)
26 7 O caminho do justo é reto; vós aplanais a senda do justo.8 Seguindo a vereda de vossos juízos, Senhor, nós vos esperamos; por vosso nome e vossa memória nossa alma aspira.9 Minha alma vos deseja durante a noite e meu espírito vos procura desde a manhã. Quando vossos juízos se exercem sobre a terra, os habitantes do mundo aprendem a justiça.12 Senhor, proporcionai-nos a paz! Pois vós nos tendes tratado segundo o nosso procedimento.16 Senhor, na tribulação, nós vos buscamos, e clamamos a vós na angústia em que vosso castigo nos abate.17 Como uma mulher grávida, prestes a dar à luz, se retorce e grita em suas dores, assim estamos diante de vós, Senhor:18 nós concebemos e sofremos para dar à luz (o vento), sem poder dar a salvação à nossa terra; não nasceram novos habitantes no mundo.19 Que os vossos mortos revivam! Que seus cadáveres ressuscitem! Que despertem e cantem aqueles que jazem sepultos, porque vosso orvalho é um orvalho de luz e a terra restituirá o dia às sombras.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 101/102
O Senhor olhou a terra do alto céu.
Vós, Senhor, permaneceis eternamente,
de geração em geração sereis lembrado!
Levantai-vos, tende pena de Sião,
já é tempo de mostrar misericórdia!
Pois vossos servos têm amor aos seus escombros
e sentem compaixão de sua ruína.

As nações respeitarão o vosso nome,
e os reis de toda a terra, a vossa glória;
quando o Senhor reconstruir Jerusalém
e aparecer com gloriosa majestade,
ele ouvirá a oração dos oprimidos
e não desprezará a sua prece.

Para as futuras gerações se escreva isto,
e um povo novo a ser criado louve a Deus.
ele inclinou-se de seu templo nas alturas,
e o Senhor olhou a terra do alto céu,
para os gemidos dos cativos escutar
e da morte libertar os condenados.
 
Evangelho (Mateus 11,28-30)
11 28 Disse Jesus: "Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei.29 Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas.30 Porque meu jugo é suave e meu peso é leve."
Palavra da Salvação.
 

quarta-feira, 16 de julho de 2014

NOSSA SENHORA DO CARMO
(Branco, Glória, Prefácio de Maria – Ofício da Festa)

Leitura (Zacarias 2,14-17)
2 14 “Solta gritos de alegria, regozija-te, filha de Sião. Eis que venho residir no meio de ti - oráculo do Senhor.15 Naquele dia se achegarão muitas nações ao Senhor, e se tornarão o meu povo: habitarei no meio de ti, e saberás que fui enviado a ti pelo Senhor dos exércitos.16 O Senhor possuirá Judá como seu domínio, e Jerusalém será de novo (sua cidade) escolhida.17 Toda criatura esteja em silêncio diante do Senhor: ei-lo que surge de sua santa morada”. Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial Lc 1
O Poderoso fez por mim maravilhas
e santo é o seu nome.


A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu salvador.

Pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.
O Poderoso fez por mim maravilhas
e santo é o seu nome!

Seu amor, de geração em geração,
chega a todos os que o respeitam.
Demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos.

Derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou.
De bens saciou os famintos
e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,
como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos para sempre.
 
Evangelho (Mateus 12,46-50)
1246 Jesus falava ainda à multidão, quando veio sua mãe e seus irmãos e esperavam do lado de fora a ocasião de lhe falar.47 Disse-lhe alguém: “Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar-te”.48 Jesus respondeu-lhe: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?”49 E, apontando com a mão para os seus discípulos, acrescentou: “Eis aqui minha mãe e meus irmãos.50 Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.
Palavra da Salvação.

terça-feira, 15 de julho de 2014

SÃO BOAVENTURA
BISPO E DOUTOR
(Branco, Prefácio Comum ou dos Pastores – Ofício da Memória)

Leitura (Isaías 7,1-9)
7 1 No tempo de Acaz, filho de Joatão, filho de Ozias, rei de Judá, Rasin, rei de Arão, foi com Pecá, filho de Romelia, rei de Israel, contra Jerusalém para lhe dar combate; mas não pôde apoderar-se dela.2 Quando se soube, na casa de Davi, que (o exército da) Síria estava acampado em Efraim, o coração do rei e o de seu povo ficaram perturbados como as árvores das florestas agitadas pelos ventos.3 Então disse o Senhor a Isaías: “Vai ter com Acaz, com Sear-Jasub, teu filho, na extremidade do aqueduto do reservatório superior, no caminho do campo do pisoeiro”.4 E dize-lhe: ‘Tem ânimo, não temas, não vacile o teu coração diante desses dois pedaços de tições fumegantes. (Diante do furor de Rasin, da Síria, e do filho de Romelia).5 Visto que a Síria decidiu tua perdição, com Efraim e o filho de Romelia, dizendo:6 Vamos contra Judá, nós o bateremos, e nos apoderaremos dele, e proclamaremos rei o filho de Tabeel’.7 Eis o que disse o Senhor Javé: ‘Isso não acontecerá, essas coisas não se realizarão,8 porque a capital da Síria é Damasco, e a cabeça de Damasco é Rasin. (Dentro de sessenta e cinco anos Efraim desaparecerá do rol dos povos.)9 E a capital de Efraim é Samaria, e a cabeça de Samaria é o filho de Romelia. Se não o crerdes, não subsistireis’”.
Palavra do Senhor.
 
Salmo responsorial 47/48
O Senhor estabelece sua cidade para sempre.
Grande é o Senhor e muito digno de louvores na cidade onde ele mora;
seu monte santo, esta colina encantadora é a alegria do universo.


Monte Sião, no extremo norte situado, és a mansão do grande rei!
Deus revelou-se, em suas fostes cidadelas, um refúgio poderoso.


Pois eis que os reis da terra se aliaram e todos juntos avançaram;
mal a viram, de pavor estremeceram, debandaram perturbados.


Como as dores da mulher sofrendo parto, uma angústia os invadiu;
semelhante ao vento leste impetuoso, que despedaça as naus de Társis.


Evangelho (Mateus 11,20-24)
1120 Jesus começou a censurar as cidades, onde tinha feito grande número de seus milagres, por terem recusado arrepender-se:21 “Ai de ti, Corozaim! Ai de ti, Betsaida! Porque se tivessem sido feitos em Tiro e em Sidônia os milagres que foram feitos em vosso meio, há muito tempo elas se teriam arrependido sob o cilício e a cinza.22 Por isso vos digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Tiro e para Sidônia que para vós!23 E tu, Cafarnaum, serás elevada até o céu? Não! Serás atirada até o inferno! Porque, se Sodoma tivesse visto os milagres que foram feitos dentro dos teus muros, subsistiria até este dia.24 Por isso te digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Sodoma do que para ti!”
Palavra da Salvação.