sexta-feira, janeiro 25, 2013

25/01
Conversão de São Paulo 
O apóstolo Paulo é talvez o personagem do Novo Testamento que melhor conhecemos, através de suas epístolas e dos Aos dos Apóstolos, que se confirmam e se completam, apesar de alguns pormenores divergentes. Assim é possível estabelecer uma cronologia da vida do apóstolo.

Nascido em Tarso, na Cilícia, pelo ano 10 de nossa era, de uma família judaica da tribo de Benjamin, mas ao mesmo tempo cidadão romano; recebeu, desde a infância, em Jerusalém, de Gamaliel, uma séria formação religiosa segundo as doutrinas dos fariseus. Foi perseguidor da jovem Igreja cristã e esteve presente na morte de Estevão. Teve uma conversão súbita no caminho de Damasco, devido à aparição de Jesus ressuscitado, que lhe indicou a sua missão especial de apóstolo dos gentios ou pagãos, ou seja dos não-judeus. Isso se deu exatamente esse o fato que se recorda no dia de hoje, dedicado à sua conversão (At 9,3-19;1,12.15ss.;Ef 3,2s.).

A partir desse momento ele dedica toda a sua vida ao serviço de Cristo. Depois de uma temporada na Arábia e do seu regresso a Damasco, começa a pregar. Sobe a Jerusalém pelo ano 39, depois retira-se para a Síria-Cilícia, de onde é reconduzido para Antioquia por Barnabé, com o qual realiza a sua primeira missão apostólica, entre os anos 45 e 49, em Chipre, Panfília, Pisídia e Licaônia. Foi então que começou a usar o nome grego de Paulo, preferentemente ao judaico Saulo. No ano 49, 14 anos após a sua conversão, vai a Jerusalém para participar do concílio apostólico, onde foi aceita a tese de que a lei judaica não obrigava aos cristãos convertidos ao paganismo. Sua morte se deu em Roma pelo ano 67.
CONVERSÃO DE SÃO PAULO
Primeira LeituraAtos dos Apóstolos 22, 3-16
Leitura dos Atos dos Apóstolos - Naqueles dias, 3Continuou ele: Eu sou judeu, nasci em Tarso da Cilícia, mas criei-me nesta cidade, instruí-me aos pés de Gamaliel, em toda a observância da lei de nossos pais, partidário entusiasta da causa de Deus como todos vós também o sois no dia de hoje. 4Eu persegui de morte essa doutrina, prendendo e metendo em cárceres homens e mulheres. 5O sumo sacerdote e todo o conselho dos anciãos me são testemunhas. E foi deles que também recebi cartas para os irmãos de Damasco, para onde me dirigi, com o fim de prender os que lá se achassem e trazê-los a Jerusalém, 6Ora, estando eu a caminho, e aproximando-me de Damasco, pelo meio-dia, de repente me cercou uma grande luz do céu. 7Caí por terra e ouvi uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?8Eu repliquei: Quem és tu, Senhor? A voz me disse: Eu sou Jesus de Nazaré, a quem tu persegues. 9Os meus companheiros viram a luz, mas não ouviram a voz de quem falava. 10Então eu disse: Senhor, que devo fazer? E o Senhor me respondeu: Levanta-te, vai a Damasco e lá te será dito tudo o que deves fazer. 11Como eu não pudesse ver por causa da intensidade daquela luz, guiado pela mão dos meus companheiros, cheguei a Damasco. 12Um certo Ananias, homem piedoso e observador da lei, muito bem conceituado entre todos os judeus 13veio ter comigo e disse-me: Irmão Saulo, recobra a tua vista. Naquela mesma hora pude enxergá-lo. 14Continuou ele: O Deus de nossos pais te predestinou para que conhecesses a sua vontade, visses o Justo e ouvisses a palavra da sua boca, 15pois lhe serás, diante de todos os homens, testemunha das coisas que tens visto e ouvido. 16E agora, por que tardas? Levanta-te. Recebe o batismo e purifica-te dos teus pecados, invocando o seu nome. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(116)
REFRÃO: Ide, por todo o mundo, a todos pregai o Evangelho.
1.
 Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, povos todos, festejai-o! -R.
2.
 Pois comprovado é o seu amor para conosco, para sempre ele é fiel! -R.

Evangelho: Marcos 16, 15-18
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos - Naquele tempo,15E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.16Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.17Estes milagres acompanharão os que crerem: expulsarão os demônios em meu nome, falarão novas línguas, 18manusearão serpentes e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal; imporão as mãos aos enfermos e eles ficarão curados. - Palavra da salvação.