domingo, dezembro 16, 2012

III DO ADVENTO
 Primeira Leitura: Sofonias 3, 14-18
 
Leitura da cprofecia de Sofonias -  14 Canta de alegria, filha de Sião! Solta gritos de júbilo, ó Israel! Alegra-te e rejubila-te de todo o teu coração, filha de Jerusalém! 15O Senhor revogou a sentença pronunciada contra ti, e afastou o teu inimigo. O rei de Israel, que é o Senhor, está no meio de ti; não conhecerás mais a desgraça. 16Naquele dia, dir-se-á em Jerusalém: Não temas, Sião! Não se enfraqueçam os teus braços! 17O Senhor teu Deus está no meio de ti como herói Salvador! Ele anda em transportes de alegria por causa de ti, e te renova seu amor. Ele exulta de alegria a teu respeito 18como num dia de festa. Suprimirei os que te feriram, tirarei a vergonha que pesa sobre ti. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(Is 12

REFRÃO: Exultai cantando alegres, habitantes de Sião,/ porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel! 1. Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo;/ o Senhor é minha força, meu louvor e salvação./ Com alegria bebereis no manancial da salvação,/ e direis naquele dia: "Dai louvores ao Senhor. -R.
2. Invocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas,/ entre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime. -R.
3.Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos,/ publicai em toda a terra suas grandes maravilhas!/ Exultai cantando alegres, habitantes de Sião,/ porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!" -R.

Segunda Leitura: Filipenses 4, 4-7

Leitura da carta de são Paulo aos Filipenses - Irmãos, 4Alegrai-vos sempre no Senhor. Repito: alegrai-vos! 5Seja conhecida de todos os homens a vossa bondade. O Senhor está próximo. 6Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças. 7E a paz de Deus, que excede toda a inteligência, haverá de guardar vossos corações e vossos pensamentos, em Cristo Jesus. - Palavra do Senhor.

Evangelho: Lucas 3, 10-18

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 10Perguntava-lhe a multidão: Que devemos fazer? 11Ele respondia: Quem tem duas túnicas dê uma ao que não tem; e quem tem o que comer, faça o mesmo. 12Também publicanos vieram para ser batizados, e perguntaram-lhe: Mestre, que devemos fazer? 13Ele lhes respondeu: Não exijais mais do que vos foi ordenado. 14Do mesmo modo, os soldados lhe perguntavam: E nós, que devemos fazer? Respondeu-lhes: Não pratiqueis violência nem defraudeis a ninguém, e contentai-vos com o vosso soldo. 15Ora, como o povo estivesse na expectativa, e como todos perguntassem em seus corações se talvez João fosse o Cristo, 16ele tomou a palavra, dizendo a todos: Eu vos batizo na água, mas eis que vem outro mais poderoso do que eu, a quem não sou digno de lhe desatar a correia das sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo e no fogo. 17Ele tem a pá na mão e limpará a sua eira, e recolherá o trigo ao seu celeiro, mas queimará as palhas num fogo inextinguível. 18É assim que ele anunciava ao povo a boa nova, e dirigia-lhe ainda muitas outras exortações. - Palavra da salvação.