domingo, outubro 14, 2012

XXVIII DO TEMPO COMUM
 Primeira Leitura: Sabedoria 7, 7-11

Leitura do livro da Sabedoria -  7Assim implorei e a inteligência me foi dada, supliquei e o espírito da sabedoria veio a mim. 8Eu a preferi aos cetros e tronos, e avaliei a riqueza como um nada ao lado da Sabedoria. 9Não comparei a ela a pedra preciosa, porque todo o ouro ao lado dela é apenas um pouco de areia, e porque a prata diante dela será tida como lama. 10Eu a amei mais do que a saúde e a beleza, e gozei dela mais do que da claridade do sol, porque a claridade que dela emana jamais se extingue. 11Com ela me vieram todos os bens, e nas suas mãos inumeráveis riquezas. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(89)

REFRÃO: Saciai-nos, ó Senhor, com vosso amor,/ e exultaremos de alegria!
1. Ensinai-nos a contar os nossos dias,/ e dai ao nosso coração sabedoria!/ Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis?/ Tende piedade e compaixão de vossos servos! -R.

2.
 Saciai-nos de manhã com vosso amor,/ e exultaremos de alegria todo o dia!/ Alegrai-nos pelos dias que sofremos,/ pelos anos que passamos na desgraça! -R.

3.
 Manifestai a vossa obra a vossos servos,/ e a seus filhos revelai a vossa glória!/ Que a bondade do Senhor e nosso Deus/ repouse sobre nós e nos conduza!/ Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho. -R

Segunda Leitura: Hebreus 4, 12-13

 Leitura da carta aos Hebreus - 12Porque a palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração. 13Nenhuma criatura lhe é invisível. Tudo é nu e descoberto aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas. - Palavra do Senhor.

Evangelho: Marcos 10, 17-30

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos - Naquele tempo, 17Tendo ele saído para se pôr a caminho, veio alguém correndo e, dobrando os joelhos diante dele, suplicou-lhe: "Bom Mestre, que farei para alcançara vida eterna?" 18Jesus disse-lhe: "Por que me chamas bom? Só Deus é bom. 19Conheces os mandamentos: não mates; não cometas adultério; não furtes; não digas falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe." 20Ele respondeu-lhe: "Mestre, tudo isto tenho observado desde a minha mocidade." 21Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: "Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me. 22Ele entristeceu-se com estas palavras e foi-se todo abatido, porque possuía muitos bens. 23E, olhando Jesus em derredor, disse a seus discípulos: "Quão dificilmente entrarão no Reino de Deus os ricos!" 24Os discípulos ficaram assombrados com suas palavras. Mas Jesus replicou: "Filhinhos, quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que põem a sua confiança nas riquezas! 25É mais fácil passar o camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar o rico no Reino de Deus." 26Eles ainda mais se admiravam, dizendo a si próprios: "Quem pode então salvar-se?" 27Olhando Jesus para eles, disse: "Aos homens isto é impossível, mas não a Deus; pois a Deus tudo é possível. 28Pedro começou a dizer-lhe: "Eis que deixamos tudo e te seguimos." 29Respondeu-lhe Jesus. "Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho 30que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna. - Palavra da salvação.