quinta-feira, outubro 04, 2012


SÃO FRANCISCO DE ASSIS
RELIGIOSO E PAI DA ECOLOGIA
Primeira Leitura: Jó 19, 21-27
Leitura do livro de Jó - Disse Jó: 21Compadecei-vos de mim, compadecei-vos de mim, ao menos vós, que sois meus amigos, pois a mão de Deus me feriu. 22Por que me perseguis como Deus, e vos mostrais insaciáveis de minha carne? 23Oh!, se minhas palavras pudessem ser escritas, consignadas num livro, 24gravadas por estilete de ferro em chumbo, esculpidas para sempre numa rocha! 25Eu o sei: meu vingador está vivo, e aparecerá, finalmente, sobre a terra. 26Por detrás de minha pele, que envolverá isso, na minha própria carne, verei Deus. 27Eu mesmo o contemplarei, meus olhos o verão, e não os olhos de outro; meus rins se consomem dentro de mim. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(26)
REFRÃO: Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver, / na terra dos viventes.
1. Ó Senhor, ouvi a voz do meu apelo, / atendei por compaixão! / Meu coração fala convosco confiante, / e os meus olhos vos procuram. -R
2. Senhor é vossa face que eu procuro; / não me escondais a vossa face! / Não afasteis em vossa ira o vosso servo, / sois vós o meu auxílio! / Não me esqueçais nem me deixeis abandonado, / meu Deus e Salvador! -R.
3. Sei que a bondade do Senhor eu hei de ver / na terra dos viventes. / Espera no Senhor e tem coragem, / espera no Senhor! -R.

Evangelho: Lucas 10, 1-12
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 1Depois disso, designou o Senhor ainda setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir. 2Disse-lhes: Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe. 3Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos. 4Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho. 5Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: Paz a esta casa! 6Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós. 7Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa. 8Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir. 9Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: O Reino de Deus está próximo. 10Mas se entrardes nalguma cidade e não vos receberem, saindo pelas suas praças, dizei: 11Até o pó que se nos pegou da vossa cidade, sacudimos contra vós; sabei, contudo, que o Reino de Deus está próximo. 12Digo-vos: naqueles dias haverá um tratamento menos rigoroso para Sodoma. - Palavra da salvação.

Dia da Natureza


No dia 4 de outubro comemora-se o dia da natureza. Chamamos de ambiente ou natureza o mundo no qual o homem vive e que existe independente das atividades do mesmo. É tudo aquilo que não foi criado pelo homem, mas que constitui o universo, como rios, mares, plantas, florestas, animais, minerais e o próprio homem. Com a evolução, construção das cidades, das facilidades da vida moderna, o homem passou a modificar a ordem natural da vida no planeta, prejudicando o equilíbrio do meio ambiente.
Agindo de forma predatória, tem destruído a natureza sem se preocupar com os prejuízos que sofrerá num futuro bem próximo. São desmatamento, queimadas, destruição da camada de ozônio, o efeito estufa, dentre vários outros problemas que tem causado a extinção de importantes espécies vegetais, além dos animais, prejudicando as cadeias em que os mesmos se utilizam para viver. É importante que o homem crie consciência ecológica, de que a degradação ambiental só trará malefícios para as gerações futuras.