sábado, janeiro 14, 2012

Primeira Leitura: 1º Samuel 9, 1-4.17-19; 10, 1

1ª Semana Tempo Comum


Naqueles dias, 1Havia um homem de Benjamim, chamado Cis, filho de Abiel, filho de Seror, filho de Becorat, filho de Afia, de família benjaminita, que era um homem valente. 2Tinha um filho chamado Saul, que era jovem e belo. Não havia em Israel outro mais belo do que ele; dos ombros para cima sobressaía a todo o povo. 3Tendo-se perdido as jumentas de Cis, pai de Saul, disse aquele ao seu filho: Toma um servo contigo e vai procurar as jumentas.4Saul atravessou a montanha de Efraim e entrou na terra de Salisa, sem nada encontrar; percorreu a terra de Salim, mas em vão. Na terra de Benjamim não as encontrou tampouco. 17Quando Samuel viu Saul, Deus disse-lhe: Eis o homem de quem te falei: este reinará sobre o meu povo.18Saul aproximou-se de Samuel à porta da cidade e disse-lhe: Rogo-te que me digas onde é a casa do vidente. 19Sou eu mesmo o vidente, respondeu Samuel; sobe na minha frente ao lugar alto; comereis hoje comigo. Amanhã te deixarei partir, depois de ter revelado a ti tudo o que tens no coração.1Samuel tomou um pequeno frasco de óleo e derramou-o na cabeça de Saul; beijou-o e disse: O Senhor te confere esta unção para que sejas chefe da sua herança.


Salmo Responsorial(20)


REFRÃO: Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra.

1. Senhor, alegra-se o rei com o vosso poder, e muito exulta com o vosso auxílio! Realizastes os anseios de seu coração, não rejeitastes a prece de seus lábios. - R.

2. Com preciosas bênçãos fostes-lhe ao encontro, pusestes-lhe na cabeça coroa de puríssimo ouro. Ele vos pediu a vida, vós lha concedestes, uma vida cujos dias serão eternos. - R.

3. Grande é a sua glória, devida à vossa proteção; vós o cobristes de majestade e esplendor. Sim, fizestes dele o objeto de vossas eternas bênçãos, de alegria o cobristes com a vossa presença, - R.



Evangelho: Marcos 2, 13-17


Naquele tempo,13Jesus saiu de novo para perto do mar e toda a multidão foi ter com ele, e ele os ensinava. 14Quando ia passando, viu Levi, filho de Alfeu, sentado no posto da arrecadação e disse-lhe: "Segue-me." E Levi, levantando-se, seguiu-o. 15Em seguida, pôs-se à mesa na sua casa e muitos cobradores de impostos e pecadores tomaram lugar com ele e seus discípulos; com efeito, eram numerosos os que o seguiam. 16Os escribas, do partido dos fariseus, vendo-o comer com as pessoas de má vida e publicamos, diziam aos seus discípulos: "Ele come com os publicamos e com gente de má vida? "17Ouvindo-os, Jesus replicou: "Os sãos não precisam de médico, mas os enfermos; não vim chamar os justos, mas os pecadores."