sexta-feira, novembro 30, 2012

SANTO ANDRÉ, APÓSTOLO
 Primeira Leitura: Romanos 10, 9-18

Leitura da carta de são Paulo aos Romanos - Irmãos,9Portanto, se com tua boca confessares que Jesus é o Senhor, e se em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10É crendo de coração que se obtém a justiça, e é professando com palavras que se chega à salvação. 11A Escritura diz: Todo o que nele crer não será confundido (Is 28,16). 12Pois não há distinção entre judeu e grego, porque todos têm um mesmo Senhor, rico para com todos os que o invocam, 13porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (Jl 3,5). 14Porém, como invocarão aquele em quem não têm fé? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão falar, se não houver quem pregue? 15E como pregarão, se não forem enviados, como está escrito: Quão formosos são os pés daqueles que anunciam as boas novas (Is 52,7)? 16Mas não são todos que prestaram ouvido à boa nova. É o que exclama Isaías: Senhor, quem acreditou na nossa pregação (Is 53,1)? 17Logo, a fé provém da pregação e a pregação se exerce em razão da palavra de Cristo. 18Pergunto, agora: Acaso não ouviram? Claro que sim! Por toda a terra correu a sua voz, e até os confins do mundo foram as suas palavras (Sl 18,5). - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(18)

REFRÃO: Seu som ressoa e se espalha em toda terra.
1.
 Os céus proclamam a glória do Senhor, e o firmamento a obra de suas mãos; o dia ao dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia. -R.
2. Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz. -R.

Evangelho: Mateus 4, 18-22

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus - Naquele tempo, 18Caminhando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão (chamado Pedro) e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. 19E disse-lhes: Vinde após mim e vos farei pescadores de homens. 20Na mesma hora abandonaram suas redes e o seguiram. 21Passando adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, que estavam com seu pai Zebedeu consertando as redes. Chamou-os, 22e eles abandonaram a barca e seu pai e o seguiram. - Palavra da salvação.

quinta-feira, novembro 29, 2012

 XXXIV SEMANA COMUM
 Primeira Leitura: Apocalipse 18, 1-8.21-23; 19, 1-3.9

Leitura do livro do Apocalipse de são João - Eu, João, 1Depois disso, vi descer do céu outro anjo que tinha grande poder, e a terra foi iluminada por sua glória. 2Clamou em alta voz, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, a Grande. Tornou-se morada dos demônios, prisão dos espíritos imundos e das aves impuras e abomináveis, 3porque todas as nações beberam do vinho da ira de sua luxúria, pecaram com ela os reis da terra e os mercadores da terra se enriqueceram com o excesso do seu luxo. 4Ouvi outra voz do céu que dizia: Meu povo, sai de seu meio para que não participes de seus pecados e não tenhas parte nas suas pragas, 5porque seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das suas injustiças. 6Faze com ela o que fez (contigo), e retribui-lhe o dobro de seus malefícios; na taça que ela deu de beber, dá-lhe o dobro. 7Na mesma proporção em que fez ostentação de luxo, dá-lhe em tormentos e prantos. Pois ela disse no seu coração: Estou no trono como rainha, e não viúva, e nunca conhecerei o luto. 8Por isso, num só dia virão sobre ela as pragas: morte, pranto, fome. Ela será consumida pelo fogo, porque forte é o Senhor Deus que a condenou. 21Então um anjo poderoso tomou uma pedra do tamanho de uma grande mó de moinho e lançou-a no mar, dizendo: Com tal ímpeto será precipitada Babilônia, a grande cidade, e jamais será encontrada. 22Já não se ouvirá mais em ti o som dos citaristas, dos cantores, dos tocadores de flauta, de trombetas. Nem se encontrará em ti artífice algum de qualquer espécie. Não se ouvirá mais em ti o ruído do moinho, 23não brilhará mais em ti a luz de lâmpada, não se ouvirá mais em ti a voz do esposo e da esposa; porque teus mercadores eram senhores do mundo, e todas as nações foram seduzidas por teus malefícios. 1Depois disso, ouvi no céu como que um imenso coro que cantava: Aleluia! A nosso Deus a salvação, a glória e o poder, 2porque os seus juízos são verdadeiros e justos. Ele executou a grande Prostituta que corrompia a terra com a sua prostituição, e pediu-lhe contas do sangue dos seus servos. 3Depois recomeçaram: Aleluia! Sua fumaça sobe pelos séculos dos séculos. 9Ele me diz, então: Escreve: Felizes os convidados para a ceia das núpcias do Cordeiro. Disse-me ainda: Estas são palavras autênticas de Deus. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(99)
  
REFRÃO: São bem-aventurados os que foram convidados para a Ceia Nupcial das bodas do Cordeiro!
1.
Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos! -R.
2. Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, Ele mesmo nos fez e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho. -R.
3. Entrai por suas portas dando graças, e em seus átrios com hinos de louvor; dai-lhe graças, seu nome bendizei! -R.
4.
 Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente! -R.

Evangelho: Lucas 21, 20-28

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 20Quando virdes que Jerusalém foi sitiada por exércitos, então sabereis que está próxima a sua ruína. 21Os que então se acharem na Judéia fujam para os montes; os que estiverem dentro da cidade retirem-se; os que estiverem nos campos não entrem na cidade. 22Porque estes serão dias de castigo, para que se cumpra tudo o que está escrito. 23Ai das mulheres que, naqueles dias, estiverem grávidas ou amamentando, pois haverá grande angústia na terra e grande ira contra o povo. 24Cairão ao fio de espada e serão levados cativos para todas as nações, e Jerusalém será pisada pelos pagãos, até se completarem os tempos das nações pagãs. 25Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas. 26Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas. 27Então verão o Filho do Homem vir sobre uma nuvem com grande glória e majestade. 28Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação. - Palavra da salvação.

quarta-feira, novembro 28, 2012

 XXXIV SEMANA COMUM
 Primeira Leitura: Apocalipse 15, 1-4

Leitura do livro do Apocalipse de são  João - Eu, João, 1Vi ainda, no céu, outro sinal, grande e maravilhoso: sete Anjos que tinham os sete últimos flagelos, porque por eles é que se deve consumar a ira de Deus. 2Vi também como que um mar transparente, irisado de fogo, e os vencedores, que haviam escapado à Fera, à sua imagem e ao número do seu nome, conservavam-se de pé sobre esse mar com as cítaras de Deus. 3Cantavam o cântico de Moisés, o servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e admiráveis são as tuas obras, Senhor Deus Dominador. Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações! 4Quem não temerá, Senhor, e não glorificará o teu nome? Só tu és santo e todas as nações virão prostrar-se diante de ti, porque se tornou manifesta a retidão dos teus juízos. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(97)

REFRÃO:Como são grandes e admiráveis vossas obras, ó Senhor e nosso Deus onipotente!
1.
Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e o seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória. -R.
2.
 O Senhor fez conhecer a salvação, e às nações, sua justiça; recordou o seu amor sempre fiel pela casa de Israel. -R.
 3.
Aplauda o mar com todo ser que nele vive, o mundo inteiro e toda gente! As montanhas e os rios batam palmas e exultem de alegria. -R.
4. 
Na presença do Senhor, pois ele  vem, vem julgar a terra inteira. Julgará o universo com justiça e as nações com equidade. -R.

Evangelho: Lucas 21, 12-19

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 12Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim. 13Isto vos acontecerá para que vos sirva de testemunho. 14Gravai bem no vosso espírito de não preparar vossa defesa, 15porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários. 16Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós. 17Sereis odiados por todos por causa do meu nome. 18Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça. 19É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação. - Palavra da salvação.

terça-feira, novembro 27, 2012

XXXIV SEMANA COMUM
Primeira Leitura: Apocalipse 14, 14-19

Leitura do livro do Apocalipse de são João Eu, João, - 14Eu vi ainda uma nuvem branca, sobre a qual se sentava como que um Filho do Homem, com a cabeça cingida de coroa de ouro e na mão uma foice afiada. 15Outro anjo saiu do templo, gritando em voz alta para aquele que estava assentado na nuvem: Lança a tua foice e ceifa, porque é chegada a hora de ceifar, pois está madura a seara da terra. 16O Ser que estava assentado na nuvem lançou então a foice à terra, e a terra foi ceifada. 17Outro anjo saiu do templo do céu. Tinha também uma foice afiada. 18E outro anjo, aquele que tem poder sobre o fogo, saiu do altar e bradou em alta voz para aquele que tinha a foice afiada: Lança a foice afiada e vindima os cachos da vinha da terra, porque maduras estão as suas uvas. 19O anjo lançou a sua foice à terra e vindimou a vinha da terra, e atirou os cachos no grande lagar da ira de Deus. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(95)

REFRÃO: O Senhor vem julgar nossa terra.
1. Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Ele firmou o universo inabalável, e os povos ele julga com justiça. -R.
2.
 O céu se rejubile e exulte a terra, aplauda o mar com o que vive em suas águas; os campos com seus frutos rejubilem e exultem as florestas e as matas. -R.
3. Na presença do Senhor, pois ele vem, porque vem para julgar a terra inteira. Governará o mundo todo com justiça, e os povos julgará com lealdade.  -R.

Evangelho: Lucas 21, 5-11

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 5Como lhe chamassem a atenção para a construção do templo feito de belas pedras e recamado de ricos donativos, Jesus disse: 6Dias virão em que destas coisas que vedes não ficará pedra sobre pedra: tudo será destruído. 7Então o interrogaram: Mestre, quando acontecerá isso? E que sinal haverá para saber-se que isso se vai cumprir? 8Jesus respondeu: Vede que não sejais enganados. Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e ainda: O tempo está próximo. Não sigais após eles. 9Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim. 10Disse-lhes também: Levantar-se-ão nação contra nação e reino contra reino. 11Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu. - Palavra da salvação.

segunda-feira, novembro 26, 2012

 XXXIV SEMANA COMUM
 Primeira Leitura: Apocalipse 14, 1-5

Leitura do livro do Apocalipse de são João - 1Eu vi ainda: o Cordeiro estava de pé no monte Sião, e perto dele cento e quarenta e quatro mil pessoas que traziam escritos na fronte o nome dele e o nome de seu Pai. 2Ouvia, entretanto, um coro celeste semelhante ao ruído de muitas águas e ao ribombar de potente trovão. Esse coro que eu ouvia era ainda semelhante a músicos tocando as suas cítaras. 3Cantavam como que um cântico novo diante do trono, diante dos quatro Animais e dos Anciãos. Ninguém podia aprender este cântico, a não ser aqueles cento e quarenta e quatro mil que foram resgatados da terra. 4Estes são os que não se contaminaram com mulheres, pois são virgens. São eles que acompanham o Cordeiro por onde quer que vá; foram resgatados dentre os homens, como primícias oferecidas a Deus e ao Cordeiro. 5Em sua boca não se achou mentira, pois são irrepreensíveis. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(23)

REFRÃO: É assim a geração dos que buscam vossa face, ó Senhor, Deus de Israel.
1.
 Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável.
2.
 “Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?” “Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime. -R.
3.
 Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador”. “É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face”. -R.

Evangelho: Lucas 21, 1-4

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 1Levantando os olhos, viu Jesus os ricos que deitavam as suas ofertas no cofre do templo. 2Viu também uma viúva pobrezinha deitar duas pequeninas moedas, 3e disse: Em verdade vos digo: esta pobre viúva pôs mais do que os outros. 4Pois todos aqueles lançaram nas ofertas de Deus o que lhes sobra; esta, porém, deu, da sua indigência, tudo o que lhe restava para o sustento. - Palavra da salvação.

domingo, novembro 25, 2012

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO
 Primeira Leitura: Daniel 7, 13-14
 
Leitura da profecia de Daniel - 13Olhando sempre a visão noturna, vi um ser, semelhante ao filho do homem, vir sobre as nuvens do céu: dirigiu-se para o lado do ancião, diante de quem foi conduzido. 14A ele foram dados império, glória e realeza, e todos os povos, todas as nações e os povos de todas as línguas serviram-no. Seu domínio será eterno; nunca cessará e o seu reino jamais será destruído. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(92)

REFRÃO: Deus é Rei e se vestiu de majestade,/ glória ao Senhor!
1.
 Deus é Rei e se vestiu de majestade,/ revestiu-se de poder e de esplendor! -R.
2.
 Vós firmastes o universo inabalável,/ vós firmastes vosso trono desde a origem,/ desde sempre, ó Senhor, vós existis! -R.
3.
 Verdadeiros são os vossos testemunhos,/ refulge a santidade em vossa casa,/ pelos séculos dos séculos, Senhor! -R.

Segunda Leitura: Apocalipse 1, 5-8

Leitura do livro do Apocalipse -  5e da parte de Jesus Cristo, testemunha fiel, primogênito dentre os mortos e soberano dos reis da terra. Équele que nos ama, que nos lavou de nossos pecados no seu sangue 6e que fez de nós um reino de sacerdotes para Deus e seu Pai, glória e poder pelos séculos dos séculos! Amém. 7Ei-lo que vem com as nuvens. Todos os olhos o verão, mesmo aqueles que o traspassaram. Por sua causa, hão de lamentar-se todas as raças da terra. Sim. Amém. 8Eu sou o Alfa e o Èmega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que vem, o Dominador. - Palavra do Senhor.

Evangelho: João 18, 33-37

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João - Naquele tempo, 33Pilatos entrou no pretório, chamou Jesus e perguntou-lhe: És tu o rei dos judeus? 34Jesus respondeu: Dizes isso por ti mesmo, ou foram outros que to disseram de mim? 35Disse Pilatos: Acaso sou eu judeu? A tua nação e os sumos sacerdotes entregaram-te a mim. Que fizeste? 36Respondeu Jesus: O meu Reino não é deste mundo. Se o meu Reino fosse deste mundo, os meus súditos certamente teriam pelejado para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o meu Reino não é deste mundo. 37Perguntou-lhe então Pilatos: És, portanto, rei? Respondeu Jesus: Sim, eu sou rei. É para dar testemunho da verdade que nasci e vim ao mundo. Todo o que é da verdade ouve a minha voz. - Palavra da salvação.

sábado, novembro 24, 2012

SANTO ANDRÉ  DUNG - LAC
PRESBÍTERO E MÁRTIR
Primeira Leitura: Apocalipse 11, 4-12

Leitura do livro do Apocalipse de são João - 4São eles as duas oliveiras e os dois candelabros que se mantêm diante do Senhor da terra. 5Se alguém lhes quiser causar dano, sairá fogo de suas bocas e devorará os inimigos. Com efeito, se alguém os quiser ferir, cumpre que assim seja morto. 6Esses homens têm o poder de fechar o céu para que não caia chuva durante os dias de sua profecia; têm poder sobre as águas, para transformá-las em sangue, e de ferir a terra, sempre que quiserem, com toda sorte de flagelos. 7Mas, depois de terem terminado integralmente o seu testemunho, a Fera que sobe do abismo lhes fará guerra, os vencerá e os matará. 8Seus cadáveres (jazerão) na rua da grande cidade que se chama espiritualmente Sodoma e Egito (onde o seu Senhor foi crucificado). 9Muitos dentre os povos, tribos, línguas e nações virão para vê-los por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados. 10Os habitantes da terra alegrar-se-ão por causa deles, felicitar-se-ão mutuamente e mandarão presentes uns aos outros, porque esses dois profetas tinham sido seu tormento. 11Mas, depois de três dias e meio, um sopro de vida, vindo de Deus, os penetrou. Puseram-se de pé e grande terror caiu sobre aqueles que os viam. 12Ouviram uma forte voz do céu que dizia: Subi aqui! Subiram então para o céu numa nuvem, enquanto os seus inimigos os olhavam. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(143)

REFRÃO: Bendito seja o Senhor, meu rochedo!
1.
Bendito seja o Senhor, meu rochedo, que adestrou minhas mãos para a luta, e os meus dedos treinou para a guerra! -R.
2. 
Ele é meu amor, meu refúgio, libertador, fortaleza e abrigo; é meu escudo: é nele que espero, ele submete as nações a meus pés. -R.
3.
 Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos, nas dez cordas da harpa louvar-vos, a vós que dais a vitória aos reis e salvais vosso servo Davi. -R.

Evangelho: Lucas 20, 27-40

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 27Alguns saduceus - que negam a ressurreição - aproximaram-se de Jesus e perguntaram-lhe: 28Mestre, Moisés prescreveu-nos: Se alguém morrer e deixar mulher, mas não deixar filhos, case-se com ela o irmão dele, e dê descendência a seu irmão. 29Ora, havia sete irmãos, o primeiro dos quais tomou uma mulher, mas morreu sem filhos. 30Casou-se com ela o segundo, mas também ele morreu sem filhos. 31Casou-se depois com ela o terceiro. E assim sucessivamente todos os sete, que morreram sem deixar filhos. 32Por fim, morreu também a mulher. 33Na ressurreição, de qual deles será a mulher? Porque os sete a tiveram por mulher. 34Jesus respondeu: Os filhos deste mundo casam-se e dão-se em casamento, 35mas os que serão julgados dignos do século futuro e da ressurreição dos mortos não terão mulher nem marido. 36Eles jamais poderão morrer, porque são iguais aos anjos e são filhos de Deus, porque são ressuscitados. 37Por outra parte, que os mortos hão de ressuscitar é o que Moisés revelou na passagem da sarça ardente (Ex 3,6), chamando ao Senhor: Deus de Abraão, Deus de Isaac, Deus de Jacó . 38Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos; porque todos vivem para ele. 39Alguns dos escribas disseram, então: Mestre, falaste bem. 40E já não se atreviam a fazer-lhe pergunta alguma. - Palavra da salvação.

sexta-feira, novembro 23, 2012

XXXIII SEMANA COMUM
 Primeira Leitura: Apocalipse 10, 8-11
 
Leitura do livro do Apocalipse de são João - 8Então a voz que ouvi do céu falou-me de novo, e disse: Vai e toma o pequeno livro aberto da mão do anjo que está em pé sobre o mar e a terra. 9Fui eu, pois, ter com o anjo, dizendo-lhe que me desse o pequeno livro. E ele me disse: Toma e devora-o! Ele te será amargo nas entranhas, mas, na boca, doce como o mel. 10Tomei então o pequeno livro da mão do anjo e o comi. De fato, em minha boca tinha a doçura do mel, mas depois de o ter comido, amargou-me nas entranhas. 11Então foi-me explicado: Urge que ainda profetizes de novo a numerosas nações, povos, línguas e reis. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(118)

REFRÃO: Como é doce ao paladar vossa palavra, ó Senhor!
1.
 Seguindo vossa lei me rejubilo muito mais do que em todas as riquezas. -R.
2. Minha alegria é a vossa Aliança, meus conselheiros são os vossos mandamentos. -R.
3.
 A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata. -R.
4.
 Como é doce ao paladar vossa palavra, muito mais doce do que o mel na minha boca! 
5. Vossa palavra é minha herança para sempre, porque é ela que me alegra o coração! -R.
6. Abro a boca e aspiro largamente, pois estou ávido de vossos mandamentos. -R.

Evangelho: Lucas 19, 45-48

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 45Em seguida, entrou no templo e começou a expulsar os mercadores. 46Disse ele: Está escrito: A minha casa é casa de oração! Mas vós a fizestes um covil de ladrões (Is 56,7; Jr 7,11). 47Todos os dias ensinava no templo. Os príncipes dos sacerdotes, porém, os escribas e os chefes do povo procuravam tirar-lhe a vida. 48Mas não sabiam como realizá-lo, porque todo o povo ficava suspenso de admiração, quando o ouvia falar. - Palavra da salvação.

quinta-feira, novembro 22, 2012

SANTA CECÍLIA VIRGEM E MÁRTIR
 Primeira Leitura: Apocalipse 5, 1-10

Leitura do livro do Apocalipse de são João - Eu, João, 1Eu vi também, na mão direita do que estava assentado no trono, um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos. 2Vi então um anjo vigoroso, que clamava em alta voz: Quem é digno de abrir o livro e desatar os seus selos? 3Mas ninguém, nem no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro ou examiná-lo. 4Eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro e examiná-lo. 5Então um dos Anciãos me falou: Não chores! O Leão da tribo de Judá, o descendente de Davi achou meio de abrir o livro e os sete selos. 6Eu vi no meio do trono, dos quatro Animais e no meio dos Anciãos um Cordeiro de pé, como que imolado. Tinha ele sete chifres e sete olhos (que são os sete Espíritos de Deus, enviados por toda a terra). 7Veio e recebeu o livro da mão direita do que se assentava no trono. 8Quando recebeu o livro, os quatro Animais e os vinte e quatro Anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um uma cítara e taças de ouro cheias de perfume (que são as orações dos santos). 9Cantavam um cântico novo, dizendo: Tu és digno de receber o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste imolado e resgataste para Deus, ao preço de teu sangue, homens de toda tribo, língua, povo e raça; 10e deles fizeste para nosso Deus um reino de sacerdotes, que reinam sobre a terra. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(149)

REFRÃO: Fizestes de nós, para Deus, sacerdotes e povo de reis.
1.
assembleia dos fiéis! Alegre-se Israel em Quem o fez, e Sião se rejubile no seu Rei! -R.
2.
 Com danças glorifiquem o seu nome, toquem harpa e tambor em sua honra! Porque, de fato, o Senhor ama seu povo e coroa com vitória os seus humildes. -R.
3.
 Exultem os fiéis por sua glória, e cantando se levantem de seus leitos, com louvores do Senhor em sua boca. Eis a glória para todos os seus santos. -R.

Evangelho: Lucas 19, 21-44

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 21pois tive medo de ti, por seres homem rigoroso, que tiras o que não puseste e ceifas o que não semeaste. 22Replicou-lhe ele: Servo mau, pelas tuas palavras te julgo. Sabias que sou rigoroso, que tiro o que não depositei e ceifo o que não semeei... 23Por que, pois, não puseste o meu dinheiro num banco? Na minha volta, eu o teria retirado com juros. 24E disse aos que estavam presentes: Tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas. 25Replicaram-lhe: Senhor, este já tem dez minas!... 26Eu vos declaro: a todo aquele que tiver, dar-se-lhe-á; mas, ao que não tiver, ser-lhe-á tirado até o que tem. 27Quanto aos que me odeiam, e que não me quiseram por rei, trazei-os e massacrai-os na minha presença. 28Depois destas palavras, Jesus os foi precedendo no caminho que sobe a Jerusalém. 29Chegando perto de Betfagé e de Betânia, junto do monte chamado das Oliveiras, Jesus enviou dois dos seus discípulos e disse-lhes: 30Ide a essa aldeia que está defronte de vós. Entrando nela, achareis um jumentinho atado, em que nunca montou pessoa alguma; desprendei-o e trazei-mo. 31Se alguém vos perguntar por que o soltais, responder-lhe-eis assim: O Senhor precisa dele. 32Partiram os dois discípulos e acharam tudo como Jesus tinha dito. 33Quando desprendiam o jumentinho, perguntaram-lhes seus donos: Por que fazeis isto? 34Eles responderam: O Senhor precisa dele. 35E trouxeram a Jesus o jumentinho, sobre o qual deitaram seus mantos e fizeram Jesus montar. 36É sua passagem, muitas pessoas estendiam seus mantos no caminho. 37Quando já se ia aproximando da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, tomada de alegria, começou a louvar a Deus em altas vozes, por todas as maravilhas que tinha visto. 38E dizia: Bendito o rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória no mais alto dos céus! 39Neste momento, alguns fariseus interpelaram a Jesus no meio da multidão: Mestre, repreende os teus discípulos. 40Ele respondeu: Digo-vos: se estes se calarem, clamarão as pedras! 41Aproximando-se ainda mais, Jesus contemplou Jerusalém e chorou sobre ela, dizendo: 42Oh! Se também tu, ao menos neste dia que te é dado, conhecesses o que te pode trazer a paz!... Mas não, isso está oculto aos teus olhos. 43Virão sobre ti dias em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, te sitiarão e te apertarão de todos os lados; 44destruir-te-ão a ti e a teus filhos que estiverem dentro de ti, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não conheceste o tempo em que foste visitada. - Palavra da salvação.

quarta-feira, novembro 21, 2012

APRESENTAÇÃO DE NOSSA SENHORA
 Primeira Leitura: Zacarias 2, 14-17

Leitura da profecia de Zacarias - 14Solta gritos de alegria, regozija-te, filha de Sião. Eis que venho residir no meio de ti - oráculo do Senhor. 15Naquele dia se achegarão muitas nações ao Senhor, e se tornarão o meu povo: habitarei no meio de ti, e saberás que fui enviado a ti pelo Senhor dos exércitos. 16O Senhor possuirá Judá como seu domínio, e Jerusalém será de novo (sua cidade) escolhida. 17Toda criatura esteja em silêncio diante do Senhor: ei-lo que surge de sua santa morada. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(Lc 1)

REFRÃO: O Poderoso fez por mim maravilhas, e Santo é o seu nome.
1.
 A minh’alma engrandece ao Senhor, e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador. 2. pois ele viu a pequenez de sua serva, desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. O Poderoso fez por mim maravilhas e Santo é o seu nome. -R.
3.
Seu amor, de geração em geração, chega a todos que o respeitam. Demonstrou o poder de seu braço, dispersou os orgulhosos. -R.
4.
Derrubou os poderosos de seus tronos e os humildes exaltou. De bens saciou os famintos e despediu, sem nada, os ricos. -R.
5.
 Acolheu Israel, seu servidor, fiel ao seu amor, como havia prometido aos nossos pais, em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. -R.

Evangelho: Mateus 12, 46-50

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus - Naquele tempo, 46Jesus falava ainda à multidão, quando veio sua mãe e seus irmãos e esperavam do lado de fora a ocasião de lhe falar. 47Disse-lhe alguém: Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar-te. 48Jesus respondeu-lhe: Quem é minha mãe e quem são meus irmãos? 49E, apontando com a mão para os seus discípulos, acrescentou: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. 50Todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe. - Palavra da salvação.

terça-feira, novembro 20, 2012

XXXIII SEMANA COMUM
 Primeira Leitura: Apocalipse 3, 1-6.14-22

Leitura do livro do Apocalipse de são João - Eu, João, ouvi o Senhor que me dizia: 1Ao anjo da igreja de Sardes, escreve: Eis o que diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas. Conheço as tuas obras: és considerado vivo, mas estás morto. 2Sê vigilante e consolida o resto que ia morrer, pois não achei tuas obras perfeitas diante de meu Deus. 3Lembra-te de como recebeste e ouviste a doutrina. Observa-a e arrepende-te. Se não vigiares, virei a ti como um ladrão, e não saberás a que horas te surpreenderei. 4Todavia, tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram suas vestes; andarão comigo vestidas de branco, porque o merecem. 5O vencedor será assim revestido de vestes brancas. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, e o proclamarei diante do meu Pai e dos seus anjos. 6Quem tiver ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. 14Ao anjo da igreja de Laodicéia, escreve: Eis o que diz o Amém, a Testemunha fiel e verdadeira, o Princípio da criação de Deus. 15Conheço as tuas obras: não és nem frio nem quente. Oxalá fosses frio ou quente! 16Mas, como és morno, nem frio nem quente, vou vomitar-te. 17Pois dizes: Sou rico, faço bons negócios, de nada necessito - e não sabes que és infeliz, miserável, pobre, cego e nu. 18Aconselho-te que compres de mim ouro provado ao fogo, para ficares rico; roupas alvas para te vestires, a fim de que não apareça a vergonha de tua nudez; e um colírio para ungir os olhos, de modo que possas ver claro. 19Eu repreendo e castigo aqueles que amo. Reanima, pois, o teu zelo e arrepende-te. 20Eis que estou à porta e bato: se alguém ouvir a minha voz e me abrir a porta, entrarei em sua casa e cearemos, eu com ele e ele comigo. 21Ao vencedor concederei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono. 22Quem tiver ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(14)

REFRÃO: Ao vencedor, dar-lhe-ei o direito de sentar-se comigo no meu trono.
1.
“Senhor, quem morará em vossa casa?” É aquele que caminha sem pecado e pratica a justiça fielmente; que pensa a verdade no seu íntimo e não solta em calúnias sua língua.
2.
 Quem em nada prejudica o seu irmão, nem cobre de insultos seu vizinho; que não dá valor algum ao homem ímpio, mas honra os que respeitam o Senhor. -R.
3.
 Não empresta o seu dinheiro com usura, nem se deixa subornar contra o inocente. Jamais vacilará quem vive assim! -R.


Evangelho: Lucas 19, 1-10

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 1Jesus entrou em Jericó e ia atravessando a cidade. 2Havia aí um homem muito rico chamado Zaqueu, chefe dos recebedores de impostos. 3Ele procurava ver quem era Jesus, mas não o conseguia por causa da multidão, porque era de baixa estatura. 4Ele correu adiande, subiu a um sicômoro para o ver, quando ele passasse por ali. 5Chegando Jesus àquele lugar e levantando os olhos, viu-o e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, porque é preciso que eu fique hoje em tua casa. 6Ele desceu a toda a pressa e recebeu-o alegremente. 7Vendo isto, todos murmuravam e diziam: Ele vai hospedar-se em casa de um pecador... 8Zaqueu, entretanto, de pé diante do Senhor, disse-lhe: Senhor, vou dar a metade dos meus bens aos pobres e, se tiver defraudado alguém, restituirei o quádruplo. 9Disse-lhe Jesus: Hoje entrou a salvação nesta casa, porquanto também este é filho de Abraão. 10Pois o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido. - Palavra da salvação.

segunda-feira, novembro 19, 2012

SANTO ROQUE, AFONSO E JOÃO, PRESBÍTEROS E MÁRTIRES
 Primeira Leitura: Apocalipse 1, 1-4; 2, 1-5

Início do livro do Apocalipse de são João - 1Revelação de Jesus Cristo, que lhe foi confiada por Deus para manifestar aos seus servos o que deve acontecer em breve. Ele, por sua vez, por intermédio de seu anjo, comunicou ao seu servo João, 2o qual atesta, como palavra de Deus, o testemunho de Jesus Cristo e tudo o que viu. 3Feliz o leitor e os ouvintes se observarem as coisas nela escritas, porque o tempo está próximo. 4João às sete igrejas que estão na Ásia: a vós, graça e paz da parte daquele que é, que era e que vem da parte dos sete Espíritos que estão diante do seu trono 1Ao anjo da igreja de Éfeso, escreve: Eis o que diz aquele que segura as sete estrelas na sua mão direita, aquele que anda pelo meio dos sete candelabros de ouro. 2Conheço tuas obras, teu trabalho e tua paciência: não podes suportar os maus, puseste à prova os que se dizem apóstolos e não o são e os achaste mentirosos. 3Tens perseverança, sofreste pelo meu nome e não desanimaste. 4Mas tenho contra ti que arrefeceste o teu primeiro amor. 5Lembra-te, pois, donde caíste. Arrepende-te e retorna às tuas primeiras obras. Senão, virei a ti e removerei o teu candelabro do seu lugar, caso não te arrependas. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(1)

REFRÃO: Ao vencedor concederei comer da Árvore da Vida.
1.
Feliz é todo aquele que não anda conforme os conselhos dos perversos; que não entra no caminho dos malvados, nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus e a medita, dia e noite, sem cessar. -R.
2.
Eis que ele é semelhante a uma árvore, que à beira da torrente está plantada; ela sempre dá seus frutos a seu tempo, e jamais as suas folhas vão murchar. Eis que tudo o que ele faz vai prosperar. -R.
3.
Mas bem outra é a sorte dos perversos. Ao contrário, são iguais à palha seca espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, mas a estrada dos malvados leva à morte. -R.

Evangelho: Lucas 18, 35-43

 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 35Ao aproximar-se Jesus de Jericó, estava um cego sentado à beira do caminho, pedindo esmolas. 36Ouvindo o ruído da multidão que passava, perguntou o que havia. 37Responderam-lhe: É Jesus de Nazaré, que passa. 38Ele então exclamou: Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim! 39Os que vinham na frente repreendiam-no rudemente para que se calasse. Mas ele gritava ainda mais forte: Filho de Davi, tem piedade de mim! 40Jesus parou e mandou que lho trouxessem. Chegando ele perto, perguntou-lhe: 41Que queres que te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu veja. 42Jesus lhe disse: Vê! Tua fé te salvou. 43E imediatamente ficou vendo e seguia a Jesus, glorificando a Deus. Presenciando isto, todo o povo deu glória a Deus. - Palavra da salvação.

domingo, novembro 18, 2012



XXXIII DO TEMPO COMUM
Primeira Leitura: Daniel 12, 1-3
Leitura da profecia de Daniel -1Naquele tempo, surgirá Miguel, o grande chefe, o protetor dos filhos do seu povo. Será uma época de tal desolação, como jamais houve igual desde que as nações existem até aquele momento. Então, entre os filhos de teu povo, serão salvos todos aqueles que se acharem inscritos no livro. 2Muitos daqueles que dormem no pó da terra despertarão, uns para uma vida eterna, outros para a ignomínia, a infâmia eterna. 3Os que tiverem sido inteligentes fulgirão como o brilho do firmamento, e os que tiverem introduzido muitos (nos caminhos) da justiça luzirão como as estrelas, com um perpétuo resplendor. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(15)
 REFRÃO: Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!
1. Senhor, vós sois a minha parte de herança e meu cálice; vós tendes nas mãos o meu destino. - R.
2. Ponho sempre o Senhor diante dos olhos, pois ele está à minha direita; não vacilarei. - R.
3. Por isso meu coração se alegra e minha alma exulta, até meu corpo descansará seguro, porque vós não abandonareis minha alma na habitação dos mortos, nem permitireis que vosso Santo conheça a corrupção. - R.
4. Vós me ensinareis o caminho da vida, há abundância de alegria junto de vós, e delícias eternas à vossa direita. - R.

Segunda Leitura: Hebreus 10, 11-14.18
Leitura da carta aos Hebreus -  11Enquanto todo sacerdote se ocupa diariamente com o seu ministério e repete inúmeras vezes os mesmos sacrifícios que, todavia, não conseguem apagar os pecados, 12Cristo ofereceu pelos pecados um único sacrifício e logo em seguida tomou lugar para sempre à direita de Deus, 13onde espera de ora em diante que os seus inimigos sejam postos por escabelo dos seus pés (Sl 109,1). 14Por uma só oblação ele realizou a perfeição definitiva daqueles que recebem a santificação. 18Ora, onde houve plena remissão dos pecados não há por que oferecer sacrifício por eles. - Palavra do senhor.

Evangelho: Marcos 13, 24-32
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos - Naquele tempo,24Naqueles dias, depois dessa tribulação, o sol se escurecerá, a lua não dará o seu resplendor; 25cairão os astros do céu e as forças que estão no céu serão abaladas. 26Então verão o Filho do homem voltar sobre as nuvens com grande poder e glória. 27Ele enviará os anjos, e reunirá os seus escolhidos dos quatro ventos, desde a extremidade da terra até a extremidade do céu.28Compreendei por uma comparação tirada da figueira. Quando os seus ramos vão ficando tenros e brotam as folhas, sabeis que está perto o verão.29Assim também quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o Filho do homem está próximo, às portas. 30Em verdade vos digo: não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. 31Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. 32A respeito, porém, daquele dia ou daquela hora, ninguém o sabe, nem os anjos do céu nem mesmo o Filho, mas somente o Pai. - Palavra da salvação.



sábado, novembro 17, 2012







SANTA ISABEL DA HUNGRIA
ESPOSA E RELIGIOSA

Primeira Leitura: 3º João 1, 5-8
Leitura da terceira carta de são João -  5Caríssimo, fazes obras de fé em tudo o que realizas para os teus irmãos, mesmo para os irmãos estrangeiros.6Estes, perante a comunidade, deram testemunho do teu amor. Farás bem em provê-los para a sua viagem, de um modo digno de Deus. 7Pois por amor do seu nome partiram, sem nada receber dos pagãos. 8Devemos, portanto, receber a tais homens, para cooperar com eles pela verdade. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(111)
 REFRÃO: Feliz aquele que respeita o Senhor!
1. Aleluia. Feliz o homem que teme o Senhor, e põe o seu prazer em observar os seus mandamentos. Será poderosa sua descendência na terra, e bendita a raça dos homens retos. - R.
2. Suntuosa riqueza haverá em sua casa, e para sempre durará sua abundância. Como luz, se eleva, nas trevas, para os retos, o homem benfazejo, misericordioso e justo. - R.
3. Feliz o homem que se compadece e empresta, que regula suas ações pela justiça. Nada jamais o há de abalar: eterna será a memória do justo. - R.

Evangelho: Lucas 18, 1-8
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo,1Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo. 2Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava pessoa alguma. 3Na mesma cidade vivia também uma viúva que vinha com frequência à sua presença para dizer-lhe: Faze-me justiça contra o meu adversário. 4Ele, porém, por muito tempo não o quis. Por fim, refletiu consigo: Eu não temo a Deus nem respeito os homens;5todavia, porque esta viúva me importuna, far-lhe-ei justiça, senão ela não cessará de me molestar. 6Prosseguiu o Senhor: Ouvis o que diz este juiz injusto? 7Por acaso não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que estão clamando por ele dia e noite? Porventura tardará em socorrê-los? 8Digo-vos que em breve lhes fará justiça. Mas, quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra? - Palavra da salvação.

sexta-feira, novembro 16, 2012




Primeira Leitura: 2º João 1, 4-9
Leitura da segunda carta de são João - 4Muito me alegrei por ter achado entre teus filhos alguns que andam na verdade, conforme o mandamento que temos recebido do Pai. 5E agora rogo-te, Senhora, não como quem te escreve um novo mandamento, mas sim o que tivemos desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. 6Nisto consiste o amor: que vivamos segundo seus mandamentos. É este o mandamento que tendes ouvido desde o princípio, e segundo o qual deveis viver. 7Muitos sedutores têm saído pelo mundo afora, os quais não proclamam Jesus Cristo que se encarnou. Quem assim proclama é o sedutor e o Anticristo. 8Acautelai-vos, para que não percais o fruto de nosso trabalho, mas antes possais receber plena recompensa. 9Todo aquele que caminha sem rumo e não permanece na doutrina de Cristo, não tem Deus. Quem permanece na doutrina, este possui o Pai e o Filho. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(118)
 REFRÃO: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!
1. Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! - R.
2. Felizes os que guardam com esmero seus preceitos e o procuram de todo o coração; - R.
3. De todo o coração eu vos procuro; não permitais que eu me aparte de vossos mandamentos. - R.
4. Guardo no fundo do meu coração a vossa palavra, para não vos ofender. - R.
5. Concedei a vosso servo esta graça: que eu viva guardando vossas palavras. - R.
6. Abri meus olhos, para que veja as maravilhas de vossa lei. - R.

Evangelho: Lucas 17, 26-37
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo,26Como ocorreu nos dias de Noé, acontecerá do mesmo modo nos dias do Filho do Homem. 27Comiam e bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Veio o dilúvio e matou a todos. 28Também do mesmo modo como aconteceu nos dias de Lot. Os homens festejavam, compravam e vendiam, plantavam e edificavam. 29No dia em que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu, que exterminou todos eles. 30Assim será no dia em que se manifestar o Filho do Homem. 31Naquele dia, quem estiver no terraço e tiver os seus bens em casa não desça para os tirar; da mesma forma, quem estiver no campo não torne atrás. 32Lembrai-vos da mulher de Lot. 33Todo o que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á; mas todo o que a perder, encontrá-la-á. 34Digo-vos que naquela noite dois estarão numa cama: um será tomado e o outro será deixado; 35duas mulheres estarão moendo juntas: uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo: um será tomado e o outro será deixado. 37Perguntaram-lhe os discípulos: Onde será isto, Senhor? Respondeu-lhes: Onde estiver o cadáver, ali se reunirão também as águias. - Palavra da salvação.

quinta-feira, novembro 15, 2012





Primeira Leitura: Filêmon 1, 7-20
Leitura da carta de são Paulo a Filêmon - Caríssimo,7Pois tive grande alegria e consolação pela tua caridade; porquanto os corações dos santos foram confortados por ti, irmão. 8Pelo que, ainda que eu tenha muita liberdade em Jesus Cristo para te mandar o que convém, 9contudo peço-te por caridade, porque tu és tal como eu Paulo, velho e atualmente até prisioneiro de Jesus Cristo. 10Rogo-te por meu filho Onésimo, que eu gerei nas prisões, 11o qual outrora te foi inútil, mas agora é útil para mim e para ti, 12o qual te tornei a enviar. E tu recebe-o, como às minhas entranhas. 13Eu queria demorá-lo comigo, para que me servisse por ti nas prisões do Evangelho; 14mas, sem o teu consentimento, nada quis fazer, para que o teu benefício não fosse como que forçado, mas voluntário. 15Porque talvez êle se apartou de ti por algum tempo, para que tu o recebesses para sempre, 16não já como escravo, mas bem mais do que escravo, como irmão caríssimo, meu e sobretudo teu, tanto por interesses temporais como no Senhor. 17Portanto, se me tens por amigo, recebe-o como a mim. 18Se ele te causou qualquer prejuízo ou está devendo alguma coisa, lança isto em minha conta. 19Eu, Paulo, escrevo de próprio punho: Eu pagarei. Para não te dizer que tu mesmo te deves inteiramente a mim! 20Sim, irmão, quisera eu receber de ti esta alegria no Senhor! Dá esta alegria ao meu coração, em Cristo! - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(145)
 REFRÃO: Feliz quem se apoia no Deus de Jacó!
1. que faz justiça aos oprimidos, e dá pão aos que têm fome. O Senhor livra os cativos; - R.
2. o Senhor abre os olhos aos cegos; o Senhor ergue os abatidos; o Senhor ama os justos. O Senhor protege os peregrinos, ampara o órfão e a viúva; mas entrava os desígnios dos pecadores. - R.
3. O Senhor protege os peregrinos, ampara o órfão e a viúva; mas entrava os desígnios dos pecadores. O Senhor reinará eternamente; ó Sião, teu Deus é rei por toda a eternidade. - R.

Evangelho: Lucas 17, 20-25
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo,20Os fariseus perguntaram um dia a Jesus quando viria o Reino de Deus. Respondeu-lhes: O Reino de Deus não virá de um modo ostensivo. 21Nem se dirá: Ei-lo aqui; ou: Ei-lo ali. Pois o Reino de Deus já está no meio de vós.22Mais tarde ele explicou aos discípulos: Virão dias em que desejareis ver um só dia o Filho do Homem, e não o vereis. 23Então vos dirão: Ei-lo aqui; e: Ei-lo ali. Não deveis sair nem os seguir. 24Pois como o relâmpago, reluzindo numa extremidade do céu, brilha até a outra, assim será com o Filho do Homem no seu dia. 25É necessário, porém, que primeiro ele sofra muito e seja rejeitado por esta geração. - Palavra da salvação.


quarta-feira, novembro 14, 2012


Primeira Leitura: Tito 3, 1-7
Leitura da carta de são Paulo a Tito - Caríssimo,1Admoesta-os a que sejam submissos aos magistrados e às autoridades, sejam obedientes, estejam prontos para qualquer obra boa, 2não falem mal dos outros, sejam pacíficos, afáveis e saibam dar provas de toda mansidão para com todos os homens. 3Porque também nós outrora éramos insensatos, rebeldes, transviados, escravos de paixões de toda espécie, vivendo na malícia e na inveja, detestáveis, odiando-nos uns aos outros. 4Mas um dia apareceu a bondade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com os homens. 5E, não por causa de obras de justiça que tivéssemos praticado, mas unicamente em virtude de sua misericórdia, ele nos salvou mediante o batismo da regeneração e renovação, pelo Espírito Santo, 6que nos foi concedido em profusão, por meio de Cristo, nosso Salvador, 7para que a justificação obtida por sua graça nos torne, em esperança, herdeiros da vida eterna. - Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial(22)
REFRÃO: O Senhor é o pastor que me conduz, / não me faltará coisa alguma.
1. Salmo de Davi. O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. - R.
2. restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estais comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo. - R.
3. Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. Derramais o perfume sobre minha cabeça, e transborda minha taça. - R.
4. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias de minha vida. E habitarei na casa do Senhor por longos dias. - R.

 
Evangelho: Lucas 17, 11-19
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas - Naquele tempo, 11Sempre em caminho para Jerusalém, Jesus passava pelos confins da Samaria e da Galiléia. 12Ao entrar numa aldeia, vieram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e elevaram a voz, clamando: 13Jesus, Mestre, tem compaixão de nós! 14Jesus viu-os e disse-lhes: Ide, mostrai-vos ao sacerdote. E quando eles iam andando, ficaram curados. 15Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em alta voz. 16Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano. 17Jesus lhe disse: Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove? 18Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?! 19E acrescentou: Levanta-te e vai, tua fé te salvou. - Palavra da salvação.