quinta-feira, março 29, 2012

Primeira Leitura: Gênesis 17, 3-9

V SEMANA DA QUARESMA


Leitura do livro do Gênesis - Naqueles dias, 3Abrão prostrou-se com o rosto por terra. Deus disse-lhe: 4"Este é o pacto que faço contigo: serás o pai de uma multidão de povos. 5De agora em diante não te chamarás mais Abrão, e sim Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de povos. 6Tornar-te-ei extremamente fecundo, farei nascer de ti nações e terás reis por descendentes. 7Faço aliança contigo e com tua posteridade, uma aliança eterna, de geração em geração, para que eu seja o teu Deus e o Deus de tua posteridade. 8Darei a ti e a teus descendentes depois de ti a terra em que moras como peregrino, toda a terra de Canaã, em possessão perpétua, e serei o teu Deus." 9Deus disse ainda a Abraão: "Tu, porém, guardarás a minha aliança, tu e tua posteridade nas gerações futuras. - Palavra do Senhor.


Salmo Responsorial(104)


REFRÃO: O Senhor se lembra sempre da aliança.

1. Recorrei ao Senhor e ao seu poder, procurai continuamente sua face. Recordai as maravilhas que operou, seus prodígios e julgamentos por seus lábios proferidos, - R.

2. ó descendência de Abraão, seu servidor, ó filhos de Jacó, seus escolhidos! É ele o Senhor, nosso Deus; suas sentenças comandam a terra inteira. - R.

3. Ele se lembra eternamente de sua aliança, da palavra que empenhou a mil gerações, que garantiu a Abraão, e jurou a Isaac, - R.



Evangelho: João 8, 51-59


Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo João - Naquele tempo,51Em verdade, em verdade vos digo: se alguém guardar a minha palavra, não verá jamais a morte. 52Disseram-lhe os judeus: Agora vemos que és possuído de um demônio. Abraão morreu, e também os profetas. E tu dizes que, se alguém guardar a tua palavra, jamais provará a morte... 53És acaso maior do que nosso pai Abraão? E, entretanto, ele morreu... e os profetas também. Quem pretendes ser? 54Respondeu Jesus: Se me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; meu Pai é quem me glorifica, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus 55e, contudo, não o conheceis. Eu, porém, o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria mentiroso como vós. Mas conheço-o e guardo a sua palavra. 56Abraão, vosso pai, exultou com o pensamento de ver o meu dia. Viu-o e ficou cheio de alegria. 57Os judeus lhe disseram: Não tens ainda cinquenta anos e viste Abraão!... 58Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: antes que Abraão fosse, eu sou.59A essas palavras, pegaram então em pedras para lhas atirar. Jesus, porém, se ocultou e saiu do templo.

quarta-feira, março 28, 2012

Primeira Leitura: Daniel 3, 14-20.24.49.91-92.95

V SEMANA DA QUARESMA


Naqueles dias, 14Nabucodonosor disse-lhes: É verdade, Sidrac, Misac e Abdênago, que recusais o culto a meus deuses e a adoração à estátua de ouro que erigi? 15Pois bem, estais prontos, no momento em que ouvirdes o som da trombeta, da flauta, da cítara, da lira, da harpa, da cornamusa e de toda espécie de instrumentos de música, a vos prostrardes em adoração diante da estátua que eu fiz?... Se não o fizerdes, sereis precipitados de relance na fornalha ardente; e qual é o deus que poderia livrar-vos de minha mão? 16Sidrac, Misac e Abdênago responderam ao rei Nabucodonosor: De nada vale responder-te a esse respeito. 17Se assim deve ser, o Deus a quem nós servimos pode nos livrar da fornalha ardente e mesmo, ó rei, de tua mão. 18E mesmo que não o fizesse, saibas, ó rei, que nós não renderemos culto algum a teus deuses e que nós não adoraremos a estátua de ouro que erigiste. 19Então a fúria de Nabucodonosor desencadeou-se contra Sidrac, Misac e Abdênago; os traços de seu rosto alteraram-se e ele elevou a voz para ordenar que se aquecesse a fornalha sete vezes mais que de costume. 20Depois deu ordem aos soldados mais vigorosos de suas tropas para amarrar Sidrac, Misac e Abdênago, e jogá-los na fornalha ardente. 24Ora, estes passeavam dentro das chamas, louvando a Deus e bendizendo o Senhor. 49Mas o anjo do Senhor havia descido com Azarias e seus companheiros à fornalha e afastava o fogo. 91Então Nabucodonosor, admirado, levantou-se precipitadamente, dizendo a seus conselheiros: Não foram três homens amarrados que jogamos no fogo? Certamente, majestade, responderam. _ 92Pois bem, replicou o rei, eu vejo quatro homens soltos, que passeiam impunemente no meio do fogo; o quarto tem a aparência de um filho dos deuses. 95Nabucodonosor tomou a palavra: Bendito seja, disse, o Deus de Sidrac, de Misac e de Abdênago! Ele enviou seu anjo para salvar seus servos, os quais, depositando nele toda a sua confiança, e transgredindo as ordens do rei, preferiram expor suas vidas a se prostrarem em adoração diante de um deus que não era o seu. -



Salmo Responsorial(Dn 3)



REFRÃO: A vós louvor, honra e glória eternamente!

52 - Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais.* 53 - No templo santo onde refulge a vossa glória.R. 54 - E em vosso trono de poder vitorioso.R.55 - Sede bendito, que sondais as profundezas* e superior aos querubins vos assentais.R. 56 - Sede bendito no celeste firmamento.R.



Evangelho: João 8, 31-42



31E Jesus dizia aos judeus que nele creram: Se permanecerdes na minha palavra, sereis meus verdadeiros discípulos; 32conhecereis a verdade e a verdade vos livrará. 33Replicaram-lhe: Somos descendentes de Abraão e jamais fomos escravos de alguém. Como dizes tu: Sereis livres? 34Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo homem que se entrega ao pecado é seu escravo. 35Ora, o escravo não fica na casa para sempre, mas o filho sim, fica para sempre. 36Se, portanto, o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres. 37Bem sei que sois a raça de Abraão; mas quereis matar-me, porque a minha palavra não penetra em vós. 38Eu falo o que vi junto de meu Pai; e vós fazeis o que aprendestes de vosso pai. 39Nosso pai, replicaram eles, é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão. 40Mas, agora, procurais tirar-me a vida, a mim que vos falei a verdade que ouvi de Deus! Isso Abraão não o fez. 41Vós fazeis as obras de vosso pai. Retrucaram-lhe eles: Nós não somos filhos da fornicação; temos um só pai: Deus. 42Jesus replicou: Se Deus fosse vosso pai, vós me amaríeis, porque eu saí de Deus. É dele que eu provenho, porque não vim de mim mesmo, mas foi ele quem me enviou.

sábado, março 24, 2012

Primeira Leitura: Jeremias 11, 18-20

IV SEMANA DA QUARESMA


18Instruído pelo Senhor, eu o desvendei. Vós me fizestes conhecer seus intentos. 19E eu, qual manso cordeiro conduzido à matança, ignorava as maquinações tramadas contra mim: destruamos a árvore em seu vigor. Arranquemo-la da terra dos vivos, e que seu nome caia no esquecimento. 20Vós sois, porém, Senhor dos exércitos, justo juiz que sondais os rins e os corações. Serei testemunha da vingança que tomarei deles e a vós confio minha causa.


Salmo Responsorial(7)


REFRÃO: Senhor meu Deus, em vós procuro o meu refúgio.

1. Senhor, ó meu Deus, é em vós que eu busco meu refúgio; salvai-me de todos os que me perseguem e livrai-me, para que o inimigo não me arrebate como um leão, e me dilacere sem que ninguém me livre. - R.

2. O Senhor é o juiz dos povos. Fazei-me justiça, Senhor, segundo o meu justo direito, conforme minha integridade. Ponde fim à malícia dos ímpios e sustentai o direito, ó Deus de justiça, que sondais os corações e os rins. - R.

3. O meu escudo é Deus, ele salva os que têm o coração reto. Deus é um juiz íntegro, um Deus perpetuamente vingador. - R.



Evangelho: João 7, 40-53


Naquele tempo,40Ouvindo essas palavras, alguns daquela multidão diziam: Este é realmente o profeta. 41Outros diziam: Este é o Cristo. Mas outros protestavam: É acaso da Galiléia que há de vir o Cristo? 42Não diz a Escritura: O Cristo há de vir da família de Davi, e da aldeia de Belém, onde vivia Davi? 43Houve por isso divisão entre o povo por causa dele. 44Alguns deles queriam prendê-lo, mas ninguém lhe lançou as mãos. 45Voltaram os guardas para junto dos príncipes dos sacerdotes e fariseus, que lhes perguntaram: Por que não o trouxestes?46Os guardas responderam: Jamais homem algum falou como este homem!... 47Replicaram os fariseus: Porventura também vós fostes seduzidos? 48Há, acaso, alguém dentre as autoridades ou fariseus que acreditou nele? 49Este poviléu que não conhece a lei é amaldiçoado!...50Replicou-lhes Nicodemos, um deles, o mesmo que de noite o fora procurar:51Condena acaso a nossa lei algum homem, antes de o ouvir e conhecer o que ele faz? 52Responderam-lhe: Porventura és também tu galileu? Informa-te bem e verás que da Galiléia não saiu profeta. 53E voltaram, cada um para sua casa.

terça-feira, março 20, 2012

Que a saúde se difunda sobre a terra

Em 19/03 dia festivo de São José foi uma noite muito animada à procissão saiu do Parque Poliesportivo da Lagoa pelas ruas da nossa cidade indo em direção a igreja Matriz de São José o celebrante foi Pe. Evandro e o tema da noite: Que a saúde se difunda sobre a terra. Festa é sempre o momento do encontro nós somos a Igreja de Jesus Cristo constituída pelo anuncio da Palavra. A Palavra gera a fé e orienta a vida, somos continuadores desta Igreja que Deus nos fez seus curador somos a Igreja que deve colaborar na missão de Deus devemos responder a grandeza de Deus continuadores da história.

A Igreja é o sinal da salvação de Deus na história e ela necessita de pessoas que suscite o sinal da palavra de Deus como algo experimentável. É missão nossa de experimentante da palavra de Deus ser sinal, somos continuadores da missão de Jesus, não somos Jesus, mas aqueles que vivem a partir do seguimento. O lugar mais difícil de sermos igreja é La em casa e para isso devemos estar mergulhado na palavra que orienta

São José o homem obediente, pai zeloso do filho de Deus, somos chamados a ser pai zeloso como igreja de Itapetinga ela não deve ter a injustiça – infidelidade , mas devemos seguir o modelo de São José que nos motiva a conversão, a responsabilidade da saúde da pessoa humana devemos ser responsáveis para que haja sinal de salvação precisamos ser movidos a uma ação profética que nos leva a uma saúde digna.


segunda-feira, março 19, 2012

Deus é dom e é generosidade

Ontem 18/02 aconteceu à nona noite do novenário em louvor a São José foi celebrada pelo Pe. Washington (Diocese de Jequié) com o tema: Uma saúde digna valoriza a pessoa. A alegria da pastoral Familiar nos remete a valorização da família que nesta noite foi homenageada na pessoa da Sagrada Família de Nazaré (Maria, José e Jesus).

Deus ama as suas criaturas e envia o seu Filho e seu mistério transmite a presença criadora e salvifica de Deus a vida humana é marcada pela incerteza, doenças, mas também marcada pelos sinais do céu. O caminho da Igreja que nestas incertezas busca Deus – busquemos passos seguros nos passos de Jesus nosso Senhor.

Deus nos conhece e sabe das nossas limitações e sua ação em Jesus Cristo é para a libertação do ser humano a salvação é sempre o desejo de Deus que atinge a humanidade, olhar para o Cristo na Cruz é olhar para a Salvação. Deus é dom e é generosidade.

A salvação passa pela graça para que Deus ganha espaço em nossos corações. Deus se faz presente nas pequenas coisas que realizamos é preciso enfrentar a realidade, Deus se alegra pelo nosso esforço de irmos em busca do sinal que nos leva a uma vida nova.