quarta-feira, dezembro 14, 2011

PADRE JOÃO CARDOSO ELEITO BISPO DA DIOCESE DE SÃO RAIMUNDO NONATO

Nesta quarta-feira, dia 14, o Papa Bento XVI nomeou o Padre JOÃO SANTOS CARDOSO, bispo da Diocese de São Raimundo Nonato, Estado do Piauí.
A Paróquia São José parabeniza o Monsenhor João Santos Cardoso, pároco da Paróquia Nossa Senhora das Graças - Vitória da Conquista. Que Deus ilumine a sua vida e conte sempre com as nossas Orações.
Um abraço fraterno da paróquia São José!

Primeira Leitura: Isaías 45, 6-8.18.21-25

SÃO JOÃO DA CRUZ

PRESBÍTERO E DOUTOR

6a fim de que se saiba, do levante ao poente, que nada há fora de mim. Eu sou o Senhor, sem rival; 7formei a luz e criei as trevas, busco a felicidade e suscito a infelicidade. Sou eu o Senhor, que faço todas essas coisas. 8Que os céus, das alturas, derramem o seu orvalho, que as nuvens façam chover a vitória; abra-se a terra e brote a felicidade e ao mesmo tempo faça germinar a justiça! Sou eu, o Senhor, a causa de tudo isso. 18Eis o que diz o Senhor que criou os céus, ele, o único Deus que formou a terra e a estabilizou, que não a criou para que seja um caos, mas a organizou para que nela se viva: eu sou o Senhor, e não tenho rival. 21Fazei valer vossos argumentos, consultai-vos uns aos outros: quem havia predito o que se passa, quem o tinha anunciado desde longa data? Não fui eu, o Senhor, e nenhum outro? Não há Deus fora de mim. 22Volvei-vos para mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque eu sou Deus e sou o único, 23juro-o por mim mesmo! A verdade sai de minha boca, minha palavra jamais será revogada: todo joelho deve dobrar-se diante de mim, toda língua deve jurar por mim, 24dizendo: É só no Senhor que se encontra a vitória e a força. A ele virão envergonhados todos aqueles que se tinham levantado contra ele; 25mas toda a raça de Israel achará no Senhor o triunfo e a glória.


Salmo Responsorial(84)


REFRÃO: Que os céus lá do alto derrramem o orvalho, / que chova das nuvens o justo esperado!

1. Caríssimo é o preço da sua alma, jamais conseguirá prolongar indefinidamente a vida e escapar da morte, - R.

2. porque ele verá morrer o sábio, assim como o néscio e o insensato, deixando a outrem os seus bens. O túmulo será sua eterna morada, sua perpétua habitação, ainda que tenha dado a regiões inteiras o seu nome, - R.

3. pois não permanecerá o homem que vive na opulência: ele é semelhante ao gado que se abate. Este é o destino dos que estultamente em si confiam, tal é o fim dos que só vivem em delícias. - R.



Evangelho: Lucas 7, 19-23


Naquele tempo,19E João chamou dois dos seus discípulos e enviou-os a Jesus, perguntando: És tu o que há de vir ou devemos esperar por outro? 20Chegando estes homens a ele, disseram: João Batista enviou-nos a ti, perguntando: És tu o que há de vir ou devemos esperar por outro? 21Ora, naquele momento Jesus havia curado muitas pessoas de enfermidades, de doenças e de espíritos malignos, e dado a vista a muitos cegos. 22Respondeu-lhes ele: Ide anunciar a João o que tendes visto e ouvido: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos ficam limpos, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, aos pobres é anunciado o Evangelho; 23e bem-aventurado é aquele para quem eu não for ocasião de queda!